NiTfm live

Alimentação Saudável

Perder até 5 quilos num mês? Só se for com a dieta da aveia

O método, que está dividido em duas fases, é bastante simples de aplicar.

Esta aveia é uma riqueza.

Não, não é um pesadelo: falta menos de um mês para a chegada oficial do verão. É que se por um lado estamos contentes com o calor, as noites nas esplanadas e as merecidas férias, por outro não queremos imaginar o que vamos sentir quando tentarmos vestir o fato de banho. Mas nem tudo está perdido. Com treino diário e uma alimentação equilibrada ainda pode chegar lá — e há uma dieta que pode ajudar.

Estamos a falar de um método que tem como base a aveia. Afinal, este cereal é rico em manganês, fósforo, cobre, vitamina B6, magnésio, crómio, zinco e proteína. Além disso, tem um alto teor em fibra, o que significa que nos ajuda a manter saciados durante mais tempo. E os benefícios continuam: reforça o sistema imunitário, reduz o risco de desenvolver diabetes tipo dois, reduz o colesterol, ajuda a combater a depressão e regula o trânsito intestinal.

Ainda assim, será a aveia um alimento saudável que ajuda na perda de peso? Segundo a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, depende, já que há várias versões a circular na Internet. Uma delas, que é a mais indicada para o objetivo, divide-se em duas fases.

“Na primeira fase deve-se comer aveia em três refeições durante uma semana. Na segunda fase já só se faz isso uma a duas vezes por dia, sendo que se deve ter o cuidado de optar por pratos e lanches com baixo teor de gordura nas restantes refeições”, explica à NiT a especialista.

O famoso cereal.

Na prática, como funciona esta dieta?

Pode começar por adicionar a aveia ao pequeno-almoço e ao almoço. Junte um pouco de leite magro ou iogurte, em conjunto com fruta, e fica com uma refeição saciante. Entre refeições, a regra é privilegiar vegetais crus e fruta ou frutos secos. Ao jantar, pode comer carne ou peixe, desde que cozinhados com pouca ou nenhuma gordura, mas com muitas verduras.

De acordo com a também autora do blogue “Manias de Uma Dietista” e do livro “Receitas Saudáveis para Famílias Atarefadas“, estamos perante uma dieta hipocalórica. Na primeira fase o total de calorias poderá estar entre as 900 e as 1200 calorias. Já na segunda, o intervalo é entre as mil e as 1300.

E atenção: a segunda fase pode durar até 30 dias. Depois disso, é importante reduzir o consumo de aveia gradualmente voltando, assim, à alimentação regular, que deverá ser mais saudável e equilibrada.

É um método seguro?

“A aveia um alimento saudável que pode e deve ser inserido numa alimentação equilibrada. Contudo, este tipo de dietas podem tornar-se demasiado restritivas e não estarem ajustadas às necessidades individuais. O ideal é aconselhar-se sempre com um nutricionista que o oriente e ajuste o plano aos seus objetivos”, alerta Bárbara de Almeida Araújo.