NiTfm live

Alimentação Saudável

Os ovos da Páscoa com mais (e menos) açúcar à venda nos supermercados

A pior opção soma 540 calorias e 59 gramas de açúcar por cada 100 gramas.
São prejudiciais para a saúde e para a dieta.

Se for ao supermercado esta semana, independentemente da cadeia, vai estar rodeado de ovos da Páscoa por todo o lado. É certo que só se celebra esta época uma vez por ano, mas o estrago na dieta e na saúde pode ser maior do que imagina. É que os ovos de chocolate, por exemplo, estão carregados de calorias e açúcar.

Como já é habitual, a NiT fez uma análise às opções à venda neste momento e encontrou 21 unidades diferentes — as que tinham os valores nutricionais disponíveis onlineO ovo da Páscoa que ocupa a pior posição soma 540 calorias e 59 gramas de açúcar por cada 100 gramas. Se pensarmos que o produto contém 120 gramas, praticamente metade do que se come é açúcar.

Por outro lado, a alternativa menos prejudicial, ainda que continuem a ser valores altos, significa 550 calorias  42 gramas de açúcar — uma diferença de mais de dez gramas.

“Claro que não é suposto ter tanto açúcar, mas é normal que isso aconteça tendo em conta os seus principais ingredientes — o chocolate. O ideal seria criar uma opção com mais de 70 por cento de cacau, uma vez que ainda não existe esta opção mais saudável”, diz à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de Uma Dietista”.

O mais assustador é que a maioria dos ovos com a pior composição está diretamente focada nos miúdos, uma vez que estes chocolates têm uma ligação com populares personagens e desenhos animados, desde o Unicórnio à Patrulha Pata. Há versões que ocupam a mesma posição, uma vez que têm valores iguais.

Carregue na galeria para descobrir, então, quantos gramas de açúcar têm os ovos da Páscoa — do que tem menos para o que tem mais.