NiTfm live

Alimentação Saudável

O superalimento que já devia estar a comer para acabar com a celulite (e não só)

Por ser um alimento termogénico, o gengibre consegue acelerar o metabolismo e, consequentemente, queimar gordura.

Toda a gente o conhece enquanto gengibre. Porém, o nome científico é zingiber officinale. Mas nada disto importa já que, independentemente do nome, está perante um superalimento que pode ser o seu melhor aliado para conseguir o corpo de verão. É que ele ajuda a acabar com a celulite e a queimar gordura.

“É uma planta medicinal que possui sabor apimentado, que pode ser usado para temperar os alimentos ou como tratamento ou prevenção de determinadas situações clínicas como tratamento de má digestão, azia, enjoo, gastrite, constipação, colesterol alto, pressão arterial elevada, tosse, dores musculares, problemas de circulação sanguínea e artrite”, explica à NiT a nutricionista Sónia Marcelo.

Para não ter dúvidas dos benefícios deste alimento, a NiT explica-lhe todos um a um.

1. Fortalece o sistema imunológico

Segundo a também autora do blogue “Dicas de Uma Dietista“, o gengibre é rico em vitamina C, pelo que beber um chá de gengibre pode reforçar as defesas. Ou seja, deixa-nos menos sensíveis a gripes e constipações. Além disso, este chá ajuda a aliviar a congestão nasal e a melhorar as doenças respiratórias.

Pode encontrar o chá, por exemplo, à venda nas lojas Celeiro, por 2€. Basta adicionar uma colher de chá rasa para uma chávena de água. Ferve durante um minuto e deixa em infusão cinco minutos. A indicação é beber três a quatro chávenas por dia, nunca mais do que isso.

2. É um alimento termogénico

Por outras palavras, isto quer dizer que é um bom aliado quando o objetivo é perder peso. É que o gengibre acelera o metabolismo e, consequentemente, queima gordura.

3. O melhor anti-inflamatório

“O chá de gengibre é um excelente anti-inflamatório, o que o torna num bom aliado para pessoas com a artrite reumatóide, por exemplo. Tendo em conta que a celulite é uma inflamação dos tecidos adiposos, o gengibre tem uma ação positiva no combate à celulite.”

O famoso superalimento.

4. Estimula o apetite e ajuda na digestão

O gengibre também ajuda a estimular o apetite, sobretudo se for consumido antes das refeições. No entanto, também pode ser uma boa opção para acompanhar refeições com mais gordura do que o habitual, já que ajuda no processo digestivo.

5. Tem propriedades afrodisíacas

Sabia que o gengibre é conhecido como um  afrodisíaco natural desde a antiguidade? “A sua capacidade de estimulação da circulação sanguínea favorece o apetite sexual”, revela à NiT a especialista.

6. Ajuda na recuperação de ressacas

Não, não estamos a brincar. Após ingerir mais álcool do que a norma, o organismo entra num desequilíbrio que poderá ser restituído com a ingestão de água, mas também de chá de gengibre. É que a sua ação desintoxicante pode ajudar a eliminar o álcool e ainda atenua os enjoos.

Contudo, também deve ter alguns cuidados. Como tudo o que é em exagero faz mal, o gengibre não é exceção. É por isto que, de acordo com Sónia Marcelo, o consumo excessivo do gengibre pode provocar aborto em mulheres em início de gestação, aumentar o fluxo sanguíneo em mulheres menstruadas e azia e aparecimento de gastrite e úlceras, por exemplo. Também pode sentir dores de estômago e sonolência.

E atenção: “Pessoas que tomam anticoagulantes orais e medicação para controlar a pressão arterial também não devem tomar. Consulte o seu médico”, alerta.

Se não for o seu caso, pode experimentar as receitas sugeridas pela NiT e pela nutricionista. Carregue na galeria.