Alimentação Saudável

Tudo o que Gwyneth Paltrow faz para ser saudável (sem velas com cheiro a vagina)

A australiana mantém sempre o mesmo tipo de alimentação e garante que o sono é essencial para a sua boa forma aos 47 anos.
Não tem problemas em mostrar o corpo.

Gwyneth Paltrow está longe de ser uma celebridade consensual. A atriz de 47 anos tem um exército de seguidores que admiram o seu estilo de vida saudável, mas também há muitos que não gostam dela, seja pelos lançamentos de produtos bizarros, como uma vela com cheiro a vagina, ou pela polémica em torno da sua nova série na Netflix, “The Goop Lab“.

Nela, é agora acusada de promover terapias perigosas com métodos duvidosos. André Casado, especialista de medicina interna e intensiva no Hospital da Luz de Lisboa, comentou os seis episódios num artigo para a NiT, onde revelou que a produção da plataforma de streaming é uma “via de publicidade” à empresa da atriz, Goop, através da qual vende cosméticos, produtos para a casa e artigos de moda.

Na opinião deste médico, Gwyneth Paltrow é mesmo “um atentado à saúde pública” — e a Netflix está até a perder assinantes por causa da série.

No entanto, ninguém pode negar que a atriz tem um corpo de sonho aos 47 anos. Quer se  seja ou não fã das crenças “new age” da atriz, a verdade é que o seu estilo de vida saudável tem sido o segredo para a sua boa forma, que se baseia muito nos cuidados com a alimentação.

A revista “Harper’s Bazaar” australiana revelou recentemente o regime alimentar que segue no dia a dia, além da sua rotina de sono e das comidas não tão saudáveis em que é viciada. A NiT conta-lhe tudo.

As refeições ao longo do dia

Ao pequeno-almoço — que muitos consideram ser a refeição mais importante — Paltrow opta algumas vezes por não comer nada, de forma a que os “níveis de energia não tenham picos e descidas ao longo do dia”.

No entanto, revelou no seu podcast que por vezes bebe um batido proteico, com leite de amêndoas, óleo de coco, proteína de cogumelo com sabor a baunilha, e moon juice dust (um suplemento composto por plantas que ajudam a nutrir o corpo e a combater os efeitos do stress).

Ao almoço, a a escolha é sempre saudável, com uma base de proteína e salada, muitas vezes “baixa em hidratos de carbono”. Porquê? Para não desregular os níveis de energia. As saladas são a sua opção favorita, normalmente com peito de frango ou atum.

“Ao jantar como o que quero”, revelou a atriz, acrescentando que tenta “evitar alimentos altamente processados ou com muita frutose.  “Há uma série de receitas de frango e massa a que recorro, faço muitos refogados para os miúdos”, contou à revista norte-americana “Shape“.

“Tenho sempre arroz integral preparado no frigorífico. Depois é só cortar uns vegetais, fazer um bom molho e está pronto”.

Os vícios alimentares

Apesar de optar maioritariamente pelos alimentos saudáveis, Gwyneth também gosta de fazer algumas asneiras de vez em quando. Os maiores vícios que a atriz confessa ter são os hidratos de carbono e os fritos. À revista “Porter” revelou ainda que não resiste a um copo de vinho, uma baguete cheia de queijo derretido e batatas fritas. 

Durante uma entrevista com a “People“, contou não ser imune à famosa quebra das três da tarde. “À medida que fiquei mais velha e, espero, mais sábia, tentei focar-me em fazer pequenas coisas ao longo da minha semana para aumentar a força e a energia”.

E continuou: “Estou a tentar não ceder aos desejos de açúcar e hidratos de carbono brancos a toda a hora, porque esse é o tipo de coisas a que recorro. Se fico cansada durante a tarde quero pretzels, ou queijo suíço numa bolacha ou uma baguete. Adoro pão branco, o que não é muito bom para a saúde e para a energia.”

As limpezas, o detox e o sono

Embora já tenha experimentado vários tipos de detox e limpezas, não o faz atualmente. “Basicamente nunca faço limpezas. Só o faço se estiver a servir de cobaia para alguma coisa no site. Ou, então, faço uma boa limpeza por ano.”

Para Gwyneth Paltrow, dormir é tão importante como a alimentação, garantindo que a ajuda a regular o apetite, a melhorar disposição e o metabolismo. “O sono tem um papel tão poderoso em determinar a fome e os níveis de energia que acredito que deve ser a nossa primeira prioridade — mesmo antes da dieta”, confessou, desta vez ao jornal britânico “Daily Mail“.

“Chamem-lhe vaidade, chamem-lhe saúde, mas eu sei que há uma grande correlação entre a maneira como me sinto e o aspeto que tenho quando me levanto da cama de manhã”, disse.

A atriz acrescentou ainda que “sono de má qualidade pode desregular o metabolismo e as hormonas, o que pode levar a um aumento de peso, mau humor, danos na memória e nevoeiro no cérebro, bem como preocupações sérias com a saúde, tais como inflamações e uma queda na imunidade, que pode aumentar o risco de doenças crónicas”.

View this post on Instagram

Merch #tracyandersonmethod

A post shared by Gwyneth Paltrow (@gwynethpaltrow) on

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT