NiTfm live

Alimentação Saudável

O improvável fruto seco que pode ajudá-lo a ter a barriga lisa

A quantidade de calorias presente na sua composição pode ser assustadora, mas é um ótimo aliado na dieta.
Inclua-o na sua lista de compras.

Os frutos secos são uma ótima fonte de proteína, fibra, vitamina E e magnésio. E há mais duas características que talvez não saiba: podem ajudar a ter a barriga lisa e a controlar o peso. A amêndoa é uma das alternativas que deve privilegiar. Mas já lá vamos.

É importante ter noção de que para ter a barriga com que sempre sonhou é essencial ter uma rotina de treino para tonificar o abdominal. Mas a alimentação também tem muita influência nesse processo.

Segundo a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, alguns alimentos podem ajudar a ter esta zona do corpo mais lisa e seca, reduzindo o inchaço abdominal e combatendo a acumulação de gorduras indesejadas.

“Contudo, se tem excesso de peso torna-se mais difícil. A longo prazo, só perdendo peso, tendo uma alimentação saudável e praticando atividade física é que vai conseguir”, explica à NiT.

Tendo isso em conta, pode começar a incluir a amêndoa nos pratos para tirar proveito dos seus benefícios, já que este fruto seco ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue e a reduzir o volume abdominal.

Em termos nutricionais, 100 gramas de amêndoas contêm 579 calorias; 21,15 gramas de proteína; 49 de gordura; e 12,5 gramas de fibra.

Não deve ingerir mais de 35 gramas diárias.

Por serem ricas em calorias, normalmente, toda a gente pensa que não as pode ter numa dieta de perda de peso. Mas até a ciência já provou que não tem de ser assim.

Uma investigação revelou que pessoas que comiam duas ou mais porções de amêndoas por semana tinham menos 31 por cento de risco de aumentar de peso, comparativamente com as pessoas que nunca comiam este fruto. Qual é a razão para isto acontecer? Este alimento também promove a saciedade devido ao teor de fibra, proteína e gordura insaturada.

Um outro estudo explica que as amêndoas podem ajudar a reduzir gordura abdominal. Aliás, as pessoas que comeram amêndoas perderam mais um por cento de gordura abdominal do que aquelas que não comeram.

Os outros benefícios da amêndoa

“Este fruto seco ajuda a regular o trânsito intestinal, a controlar a glicémia, previne doenças cardiovasculares e alguns tipos de cancro, melhora a função cerebral e, ainda, a progressão da doenças e Alzheimer”, diz à NiT a autora do blogue “Manias de Uma Dietista“.

Devido à presença de magnésio e cálcio na sua composição, a amêndoa também pode ser útil na diminuição de cãibras. Já o potássio ajuda a reduzir a pressão alta.

Há mais uma vantagem que vale a pena destacar: o facto de diminuir a retenção hídrica. Apesar de não ser um alimento diurético, os minerais que estão na sua composição ajudam a reduzir o inchaço.

Para ter acesso a estes benefícios, assim como ao seu poder saciante e de redução da gordura abdominal, não pode exagerar na quantidade consumida. A recomendação da nutricionista é “ingerir 35 gramas de amêndoas por dia”.

Pode incluir este fruto seco na alimentação na sua forma natural como snack ou em receitas, desde bolos de caneca e bolachas a pão de frigideira e barras. Mas atenção: a sua ação isolada não chega. Deve aliar o consumo deste fruto seco a uma rotina saudável e equilibrada.

Há outros sete alimentos que também ajudam a acelerar o metabolismo e a reduzir o volume abdominal. Carregue na galeria para saber quais são.