NiTfm live

Alimentação Saudável

Noni: o superalimento com séculos que deve começar a ter em casa

É um fruto tropical proveniente do Taiti e em Portugal é vendido em sumo. Conheça os seus benefícios e experimente a receita sugerida pela NiT.

Foto do livro "Superalimentos — Refeições Com Mais Vida"

São descobertos (quase) todos os dias alimentos com benefícios incríveis e que rapidamente se tornam tendência para quem segue uma alimentação saudável. Já lhe falámos do camu-camu, que tem 60 vezes mais vitamina C do que a laranja, do baobab e até criámos um dicionário com os novos alimentos de A a Z.

Agora chegou a vez de lhe apresentarmos o noni — um fruto tropical proveniente do Taiti. A árvore deste fruto cresce em terra vulcânica, fértil e rica em minerais e, por isso, dá origem a um superalimento com propriedades naturais bastante benéficas.

Mais precisamente são 9,02 calorias, 1,9 gramas de hidratos de carbono, 1,4 gramas de açúcar, 0,5 grama de proteínas e 1,02 gramas de sal (por 100 gramas).

Este fruto tem um sabor bastante intenso e é usado há séculos no país de origem. Porquê? Segundo Mafalda Rodrigues de Almeida, nutricionista e autora do livro “Superalimentos — Refeições Com Mais Vida“, o noni pode melhorar o colesterol e até pode ajudar a tratar eczemas e outros problemas de pele.

Em Portugal, este superalimento também é vendido em sumo (um litro) e está disponível no Celeiro, por 24,80€.

O ideal é tomar duas colheres de sopa por dia, de preferência em jejum, de manhã ou meia hora antes da refeição. O sumo deve ser bebido puro ou diluído com sumo de fruta sem açúcar.

Não, essa não é a única utilização. Na verdade, o superalimento pode ser usado em batidos, panquecas, muffins e em várias sobremesas.

Para tirar proveito das vantagens deste fruto, tome nota da receita de trifle de ananás com noni que está disponível no livro de Mafalda, autora do blogue “Loveat“.

Ingredientes (para seis pessoas):

— Seis rodelas de ananás;
— Seis maracujás;
— 30 gramas de óleo de coco;
— Uma colher de sobremesa de sumo de noni;
— Quatro iogurtes;
— Oito bolachas de aveia ou digestivas;
— Seis folhas de hortelã.

Modo de preparação:

Numa frigideira derreta o óleo de coco e o sumo de noni. Junte o ananás cortado em cubos e cozinhe em lume médio até começar a dourar. Junte a polpa dos maracujás e cozinhe mais um pouco até obter uma textura cremosa. Retire do lume e reserve até arrefecer por completo.

Desfaça as bolachas e coloque-as em seis taças. Disponha os iogurtes por cima das camadas de bolacha e distribua a mistura de fruta sobre a camada de iogurte.

Termine com uma folha de hortelã em cada taça e sirva.

Valor nutricional (por dose):

— Calorias: 208;
— Hidratos de carbono: 25,9 gramas;
— Lípidos: 9,3 gramas;
— Proteínas: 10,3 gramas.

Este é o fruto proveniente do Taiti.