NiTfm live

Alimentação Saudável

Descubra os superalimentos desconhecidos (e ainda lhe damos 10 receitas)

Uns têm origem asiática, outros são do Perú e até há um da Amazónia. A NiT falou com Mafalda Rodrigues de Almeida, autora do livro "Superalimentos" para conhecer todos os benefícios destes alimentos milagrosos.

Foto do livro "Superalimento — Refeições com vida"

Já ouviu falar em baobab, noni ou camu-camu? Sim, podiam ser os nomes de feitiços de Harry Potter ou de truques nos desenhos animados Dragon Ball. Mas não, são mesmo alimentos com benefícios incríveis. Alguns ajudam a tratar problemas de pele, problemas cardiovasculares e até há uns que melhoram o desempenho sexual e atenuam os sintomas da menopausa.

Depois da quinoa, dos mirtilos e do óleo de coco, a NiT juntou num só artigo dez superalimentos que, provavelmente, ainda não ouviu falar.

Mas afinal, o que é um superalimento? “É um alimento que tem uma concentração de nutrientes acima da média com efeitos bastante positivos para a saúde”, explica Mafalda Rodrigues de Almeida, nutricionista e autora do livro “Superalimentos — Refeições com mais vida“, que chegou às livrarias a 3 de março.

O livro da editora Saída de Emergência custa 17,70€ e pretende ser “um livro de educação alimentar”. Para a autora o mais importante é ter-se uma alimentação que nos dê a sensação de bem-estar e que ajude a prevenir doenças.

Mafalda Rodrigues de Almeida, 27 anos, formou-se em Ciências da Nutrição, mas enquanto estava a estudar já sabia que queria seguir políticas alimentares, uma área pouco comum em Portugal, e foi para Londres à procura dessa formação.

Quando voltou começou a trabalhar em clínicas e ainda ajuda marcas na criação de pratos saudáveis. Além disso, passa imenso tempo no seu blogue “Loveat“.

Em 2014 lançou o livro “Gourmet em casa” com receitas generalistas, mas conheceu tantos superalimentos ao longo da carreira que quis partilhar isso com todos. O objetivo é que todas as pessoas possam usufruir de uma “quantidade de nutrientes incríveis”.

O novo livro da nutricionista também pretende mostrar às pessoas que os “superalimentos não são um bicho de sete cabeças e que podem ser facilmente incorporados em receitas simples”, como robalo com salada de pepino ou salmão dourado com salada de feijão.

Além dos já conhecidos mirtilos, sementes de chia e beterraba, ainda pode encontrar uma longa lista de outros superalimentos, como o feijão azuki, a couve bok choy ou os arandos vermelhos. E ainda há outros que são consumidos em pó, como a maca ou o baobab.

O livro “Superalimentos — Refeições com mais vida” também traz uma explicação detalhada sobre cada um, uma lista com os alimentos de época, um guia para conseguir fazer uma lista de compras saudáveis e receitas para as várias refeições do dia.

A apresentação do mesmo está marcada para 16 de março, quinta-feira, às 18h30, na loja Fnac Chiado, em Lisboa.

Por agora, carregue na imagem e comece por tomar nota dos dez superalimentos que a NiT reuniu e das receitas para cada um deles, sugeridas por Mafalda.