NiTfm live

Alimentação Saudável

Joana Duarte dá-lhe 3 dicas para ter um corpo de sonho

A modelo portuguesa é acompanhada por um treinador físico, odeia exercícios que trabalhem as pernas, tem imenso cuidado com o sol — e partilhou tudo com a NiT.

Foto para a campanha da marca biquínis e fatos de banho "Morena Jambo"

62,184 no Facebook e mais de 288 mil no Instagram — é este o número de seguidores que a atriz e modelo Joana Duarte soma nas redes sociais. Aos 31 anos sente-se jovem e tem um dos corpos mais invejados do País. Já foi capa da Men’s Health e é o rosto de várias campanhas de marcas de biquínis e fatos de banho. A sua mais recente campanha foi para a provocante marca portuguesa Kaia & Koa.

Em criança estreou-se como Teresa na novela da TVI “Todo o Tempo do Mundo”, mas foi no papel de protagonista na série “Morangos com Açúcar III” que se destacou. Hoje trabalha maioritariamente como modelo, viajando muito pelo mundo, o que faz com que os cuidados com o corpo e com a alimentação sejam maiores.

“Sempre fui magra, desde pequena, e fazia muito desporto, e a genética também ajuda”, diz à NiT Joana Duarte, durante o lançamento da nova campanha da marca Cellulase, que combate a pele de casca de laranja, pela qual dá a cara este ano.

No entanto, desde há uns anos, devido ao stress e por viajar muito, começou a emagrecer bastante. “As mudanças de país para país fizeram com que emagrecesse mesmo muito, a perder massa muscular e não conseguia ganhar peso.” É por isso que hoje em dia a modelo tem uma dieta bastante específica para aumentar peso.

“Apanhava imenso sol e hoje em dia, devido a isso, tenho muito mais rugas do que devia”

“Tenho 31 anos e fui notando que o corpo muda mesmo com o passar do tempo, por isso tenho ainda mais cuidados”, conta à NiT.

A nível de alimentação, tenta “não comer muitas porcarias” e deixar o sal e o açúcar de fora. Mas, acima de tudo: “Tento comer o que me faz feliz e não viver de dietas, embora perceba as pessoas que o fazem. Afinal, nem todos têm a sorte de não precisar disso.”

Admite que quando era mais nova não ligava muito ao estilo de vida saudável. Aos poucos foi dando atenção, mas tem noção de que não foi suficientemente cedo e que agora há coisas que não consegue resolver.

“Por vezes, até temos preocupação com aquilo que comemos, mas depois não temos com o sol que apanhamos, por exemplo. No meu caso, eu apanhava imenso sol e hoje em dia, devido a isso, tenho muito mais rugas do que devia.”

Apesar de tudo, nunca teve complexo com nenhuma parte do corpo, embora confesse que há sempre partes do corpo de que se gosta mais e outras nem tanto.

No dia do evento Cellulase, Joana Duarte deu o exemplo e andou de bicicleta por Lisboa.

Como sentiu diferenças à medida que os anos avançavam, também decidiu cortar em alguns alimentos. No entanto, há um em especial que custou mais. “O pão, sobretudo, porque sei que cortar este alimento traz imensos resultados a nível de inchaços. Mas as bolachas e os bolos também são uma tentação”, diz à NiT enquanto come um scone. Por outro lado, usa e abusa de abacate, que é um dos seus alimentos favoritos.