Alimentação Saudável

A fruta que pode comer para ter cabelo e pele brilhantes (e ainda emagrece)

É uma das mais famosas das redes sociais e do mundo fit. Consegue adivinhar qual é?
É uma verdadeira aliada.

Se os frutos tivessem conta nas redes sociais, não há dúvida que o abacate seria o que teria mais seguidores. Contudo, mais importante do que ser fotografado para dar cor às publicações no Instagram, é de destacar os seus benefícios para o corpo — e não estamos a falar apenas do processo de perda de peso.

É que, afinal, este alimento também pode ser uma ótima ajuda para manter o cabelo e a pele mais brilhante (e, claro, bonito).

Como explica o presidente da Organização Mundial do Abacate (WAO, em inglês), Xavier Equihua, citado pela revista espanhola “Glamour“, este fruto contém uma enorme dose de vitamina E e gorduras saudáveis que “contribuem para a luminosidade e hidratação da pele, enquanto os seus óleos naturais penetram profundamente nela, reduzindo assim as rugas e o envelhecimento”.

Outro dos componentes que fazem parte deste alimento é a vitamina B, cuja biotina atua na formação da pele e cabelo. Na prática, isto significa que pode ser útil a prevenir o cabelo e pele seca, a controlar a perda de cabelo e a reparar o couro cabeludo.

Há mais uma coisa que deve saber: o abacate contém carotenóides, um pigmento característico de muitas frutas, encontrado nas células vegetais e que, entre outras coisas, ajuda a manter o bronzeado e atua como protetor natural. Além disso, promove a elasticidade da pele.

Mas atenção, é importante falar de quantidades. Apesar de toda a riqueza que concentra, não deixa de ser um fruto calórico. Para ter noção, 100 gramas de abacate significam cerca de 160 calorias. E esta é a dose recomendada por dia.

Segundo a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de Uma Dietista”, se tiver este valor em conta, vai conseguir tirar proveito dos benefícios anteriores.

Não sabe escolher este fruto? Os melhores abacates são os mais pesados e firmes. Para saber se estão no ponto é só fazer uma ligeira pressão com os dedos, sendo próprios para o consumo apenas amadurecidos.

Cuidado: em 2018, o antigo presidente da Associação Britânica de Cirurgiões Plásticos, Simon Eccles, contou ao jornal britânico “The Times” que recebia quatro pacientes por semana nas urgências por causa da forma como cortavam o abacate. Até a atriz Meryl Streep, em 2012, revelou que tinha tido um acidentes no momento em que cortou aquele fruto, quando questionada sobre o ferimento na mão. Portanto, não é um mal recente.

Nesse mesmo ano começou a circular nas redes sociais a melhor forma de cortar o abacate — e não é aquela que costumamos utilizar. Normalmente, corta-se o fruto no comprimento, o que pode provocar os tais ferimentos. Porém, parece que esta não é a maneira mais correta (nem a mais simples). Aparentemente, basta colocar a faca ao meio e cortar ao redor, criando formas redondas com um buraco no meio, como na imagem abaixo. Assim, não tem de tirar o caroço com o bico da faca, como faria se cortasse da primeira forma.

Além de este corte ser mais seguro, há quem destaque que permite criar pratos mais bonitos para partilhar nas redes sociais.

Cortar assim é mais seguro.

Outras cinco razões para incluir abacate na dieta

1. Provoca saciedade e promove a perda de peso

Por ser rico em fibra e gordura, o abacate é ótimo para nos manter saciados ao longo do dia, evitando que se coma de forma exagerada ou que se comam coisas menos saudáveis. “Experimente comer abacate ao pequeno-almoço juntamente com uma fonte de proteína, é garantido que vai ter menos fome ao longo do dia. Ao sentir-se mais saciado ao longo do dia, provavelmente, irá ingerir menos calorias, o que irá favorecer a perda de peso”, diz à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.

2. É bastante rico em gorduras monoinsaturadas

Sabia que a maior parte da calorias do abacate deve-se à gordura? Mas, atenção, não se trata de uma gordura qualquer. A NiT explica-lhe: a maioria é ácido oleico (ómega 9). Esta gordura, também presente no azeite, é responsável por vários efeitos benéficos, como a redução da inflamação e do risco de doença cardiovascular.

3. Contém mais potássio que a banana

“O potássio é um mineral muito importante para o bom funcionamento do organismo, sendo essencial para a regulação da pressão arterial. O abacate fornece 14 por cento da dose diária recomendada de potássio, enquanto que a banana fornece dez por cento. Desta forma, o consumo de abacate ajuda a regular a pressão arterial, um factor de risco para ataque cardíaco e AVC.”

4. É uma ótima fonte de fibra

De acordo a especialista, o abacate é rico em fibra, o que quer dizer que é um ótimo aliado na regulação do trânsito intestinal e do colesterol. Não se esqueça de que os alimentos ricos em fibra também têm um papel importante na perda e manutenção do peso.

5. Promove a saúde dos olhos

Além de cuidar da pele e do cabelo, o abacate é rico em luteína e zeaxantina. Tratam-se de dois antioxidantes que reduzem o risco de cataratas e previnem a degeneração macular.

Agora que já conhece todos os benefícios de comer abacate, não se esqueça: só consegue estas vantagens caso o consumo deste fruto seja moderado. 

Carregue na galeria para conhecer nove receitas em que pode incluir abacate, desde refeições principais a sobremesas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT