NiTfm live

Alimentação Saudável

Há um novo (e inesperado) método viral em jejum para emagrecer

Não inclui rodelas de limão nem gengibre. Desta vez, o protagonista é outro.
É um dos mais improváveis de sempre.

Os benefícios de beber água em jejum para emagrecer não são uma novidade. Acelera o metabolismo, pode aumentar a sensação de saciedade, ajuda na absorção dos nutrientes e limpa o organismo. Há ainda quem adicione rodelas de limão ou rapas de gengibre ao copo — o primeiro por eliminar as toxinas; o outro por ser um alimento termogénico. Porém, o novo método em jejum para emagrecer não inclui nenhum deles.

Nem a água faz parte desta nova fórmula. Na verdade, ela é composta apenas por um ingrediente. Pista: é uma fonte de gordura saudável pela sua riqueza em ácidos gordos monoinsaturados (cerca de 70 por cento da sua composição) e antioxidantes. Pois bem, pode dar as boas vindas ao azeite.

Este tempero é rico em antioxidantes como a vitamina A e E. Além disso, são várias as investigações que já afirmaram que o ácido oleico pelo qual é composto reduz a inflamação, ajuda a diminuir o mau colesterol (LDL) e a prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

“O azeite também é útil na proteção contra o envelhecimento precoce, reduz o risco de diabetes tipo 2 e de certos tipos de cancro (nomeadamente da mama) e é bom para o cérebro”, diz à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.

A especialista explica, ainda, que as gorduras são parte integrante de uma alimentação equilibrada e completa. Portanto, sendo o azeite uma gordura considerada saudável, devido às suas características antioxidantes e anti-inflamatórias, pode e deve ser incluído na nossa alimentação diária.

Ele também é conhecido por conferir a sensação de saciedade, o que poderá ser benéfico no que diz respeito à perda e gestão do peso. É por isso que agora existe um novo (e estranho) método à base do azeite para emagrecer, que rapidamente se tornou viral nas redes sociais.

É tão simples como comer uma colher de sopa de azeite em jejum todas as manhãs. Porém, ainda que seja uma fórmula popular, não há nenhum estudo ou teoria que confirme a sua eficácia.

Atenção: esta gordura saudável também contém calorias.

Para a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, uma vez que já usamos este alimento para temperar e cozinhar alimentos, não há grande vantagem em insistir no seu consumo isolado pela manhã.

“Os estudos sugerem que o consumo de duas colheres de sopa de azeite por dia é suficiente para retirarmos todos os benefícios deste alimento e, apesar de ser uma alternativa saudável, não nos podemos esquecer que é uma gordura e que contém calorias e, como tal, o seu consumo deve ser moderado.”

Aliás, a tal colher de sopa de azeite extra virgem contém, aproximadamente, 120. Isto significa que quem segue uma dieta que permite a ingestão de 1500 calorias por dia, este método equivale logo a dez por cento da ingestão calórica.

A autora do blogue “Manias de Uma Dietista” recorda, ainda, que este método não é o mais agradável para introduzir este alimento no dia a dia.

“Algumas pessoas podem até sentir alguma indisposição, a sensação de mau estar e dores no estômago”, alerta à NiT.

Lembre-se: a recomendação é tirar proveito dos benefícios desta gordura mas não no seu consumo em jejum. Só tem de usar azeite com moderação nos seus pratos, desde que não ultrapasse as 30 gramas diárias.

Se quer mesmo ingerir uma bebida em jejum logo pela manhã que seja útil (e mais agradável), saiba que existem algumas com benefícios comprovados no que diz respeito à perda de peso. Carregue na galeria para saber quais são.