Alimentação Saudável

Nesta dieta à base de maçã pode perder 5 quilos em 5 dias

Esta fruta pode ser uma ótima aliada na perda de peso. No entanto, esta dieta é uma péssima ideia.

Para ver o quão assustador é: no primeiro dia de dieta só pode comer maçã e nada mais.

Existe uma clara tendência no mundo louco das dietas: os regimes baseados em alimentos específicos. Já lhe falámos da que tem o limão como base, da dieta da banana, do ananás, ovo e até do leite. Desta vez, a protagonista é a maçã. Nesta dieta, a promessa uma perda de cinco quilos em cinco dias.

“É rica em fibra, vitaminas, minerais e antioxidantes, sendo considerado um alimento saudável e que devemos incluir no nosso dia a dia. Pelas suas características nutricionais, comer uma maçã ajuda-nos a manter-nos saciados por algumas horas”, conta à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de Uma Dietista“.

Além destes benefícios, ela fornece-nos a quantidade de açúcar que o nosso corpo precisa para combater o desejo por alimentos doces. À lista, junta-se ainda o facto de reduzir o risco de diabetes, ter um efeito probiótico, prevenir o aparecimento de cancro, ajudar a combater o aparecimento de asma e e reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

Por estas razões, a maçã é realmente uma ótima aliada para quem quer emagrecer. No caso desta dieta, a perda de cinco quilos em cinco dias acontece, segundo os criadores, sem sentir fome, ao mesmo tempo que melhora a saúde e provoca a perda de peso.

Como é que a dieta é feita?

Primeira regra: durante a dieta deve-se beber, pelo menos, dois litros de água por dia. A segunda regra é privilegiar alimentos com pouca gordura, como lacticínios magros e carne de aves sem pele.

Depois, há um plano específico para cada dia, sendo que no primeiro só pode comer maçãs. No segundo dia introduzem-se as verdades. Depois, ao longo dos restantes, pode adicionar-se carnes magras, lacticínios, verduras e outras frutas.

1.º Dia

O pequeno-almoço, o almoço e o jantar devem ser maçãs. Segundo o lema da dieta, pode comer até 1,5 quilos repartidos ao longo do dia.

2.º Dia

— Pequeno-almoço: uma maçã e um copo de leite ou bebida vegetal;
— Almoço: uma maçã e uma salada verde temperada com azeite;
— Jantar: duas maçãs.

3.º ao 5.º Dia

— Pequeno-almoço: uma maçã, ovos mexidos e uma fatia de pão integral;
— Almoço: uma maçã e salada ou vegetais salteados;
— Lanche: um iogurte natural ou uma peça de fruta ou um punhado de frutos secos;
— Jantar: uma maçã, carne de aves ou peixe e vegetais.

Não vai conseguir ver maçã à frente nos dias seguintes.

É uma dieta segura?

Tem algumas vantagens, uma vez que é fácil de seguir, barata e acessível, encoraja ao consumo de água e previne a obstipação. Ainda assim, as desvantagens sobrepõem-se bastante. Segundo a especialista, é uma dieta restritiva do ponto de vista calórico e pode provocar fraqueza, irritabilidade e tonturas.

“Então, é uma dieta recomendada ou não?”, pergunta o caro leitor. Incluir maçãs no dia a dia é uma prática saudável, mas seguir uma dieta à base desta fruta nem por isso.

“Apesar de a dieta da maçã ajudar a emagrecer, esta perda de peso não é à custa de gordura, mas sim de água. Já para não falar que não há promoção de hábitos alimentares saudáveis, nem qualquer reeducação alimentar. Além disso, após os cinco dias de dieta, o peso perdido é facilmente recuperado. Por isso mesmo, deve-se procurar uma dieta que seja mais sustentável a longo prazo, que promova um estilo de vida saudável e que se consiga manter para a vida”, alerta a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.