NiTfm live

Alimentação Saudável

DGS lança manual de alimentação saudável para pais e filhos na quarentena

O guia tem ainda várias receitas que pode experimentar em casa nos próximos dias, desde pão com especiarias a iogurte caseiro.
Até tem listas de compras para o supermercado.

Um dos maiores desafios do isolamento social para as famílias é conseguirem manter hábitos de alimentação saudável e garantir que o corpo recebe todas as vitaminas e nutrientes necessários ao seu bom funcionamento. Para ajudar todos os pais que estão com os filhos em casa, a Direção-Geral de Saúde (DGS) lançou esta terça-feira, 31 de março, um manual com os alimentos que devem consumir nesta fase.

“A rotina de milhares de crianças foi interrompida pela necessidade de evitar a propagação da COVID-19. Mais tempo de confinamento em casa, mais comida disponível a toda a hora e mais horas em frente ao ecrã podem potenciar o sedentarismo e o consumo de alimentos hipercalóricos de má qualidade nutricional”, começa por explicar a DGS.

Estas condições, segundo a organização, potenciam o ganho de peso nos miúdos, mas também nos adultos. Assim, esta altura pode ser vista como uma oportunidade para “promover o consumo alimentar saudável no seio da família”, desenvolvendo competências para comprar e aprender a cozinhar aquelas refeições saudáveis que anda a adiar há algum tempo.

São estas as motivações do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, publicado pela DGS esta semana, e destinado sobretudo àqueles que têm os miúdos em casa durante o período da quarentena (mas, na realidade, pode ser seguido por todos). O documento, que se chama “Cuidados alimentares e atividades para crianças em tempos de Covid-19”, pode ser consultado no site da DGS e tem várias sugestões de refeições para seguir ao longo do dia.

Além de seis pontos principais que deve seguir nestes dias, o guia tem várias tabelas que pode preencher para planear as refeições, quizzes sobre a alimentação e muitas dicas úteis — e ainda listas de compras para levar na sua próxima ida ao supermercado.

Comer mais fruta e hortícolas; beber mais água e menos bebidas açucaradas, evitar “lixo” alimentar, como snacks hipercalóricos cheios de sal açúcar e gorduras; dosear leite e derivados; fazer uma alimentação completa, variada e equilibrada que respeite a roda dos alimentos; e ensinar os mais novos a comer bem e a cozinhar de forma saudável são alguns dos conselhos do documento, que explora estas questões a fundo.

Existem também alguns pontos que ensinam os leitores a interpretar os rótulos das embalagens de sólidos e líquidos e até a arrumar bem os produtos no frigorífico.

Quem quiser pôr as mãos na massa, pode ainda seguir algumas receitas saudáveis para ser feitas facilmente em casa usando enlatados ou produtos frescos, como a sopa mediterrânica, brigadeiro de broa e sardinha, sanduíche com pasta de grão e hortícolas, pão caseiro com maçã e canela e iogurte caseiro.