Alimentação saudável

Condimentos saudáveis e diferentes para incluir nas refeições

A canela, a hortelã ou os orégãos são alguns dos que todos conhecemos, mas há outros. Não são tão famosos, mas também dão um toque especial aos pratos. A NiT falou com a nutricionista Sónia Marcelo para conhecer novos condimentos.

Não, os condimentos não são todos iguais. Na verdade, podem ser usados para intensificar sabores ou até para dar aquele toque especial de decoração à chef.

Condimentos, ervas aromáticas ou especiarias. E é por aqui que devemos começar, já que têm significados diferentes.

As ervas aromáticas “são obtidas das folhas de várias plantas que vão conferir sabor, aroma e também propriedades medicinais aos alimentos”, refere a nutricionista e autora do blogue “Dicas de uma dietista”, Sónia Marcelo.

No capítulo das ervas aromáticas estão os orégãos, o manjericão, a salsa, os coentros, a hortelã, o tomilho, o alecrim e o cebolinho, por exemplo.

Já as especiarias são obtidas através de sementes, flores, cascas e raízes de plantas e “devido à presença de óleos essenciais possuem aroma e sabor mais acentuado.” Neste caso, falamos de pimenta do reino, canela, noz-moscada, cravo-da-índia, anis estrelado, baunilha, gengibre, coentro, piri-piri (pimenta malagueta), mostarda em grão ou o açafrão.

Segundo a nutricionista, “em alguns casos, podemos obter da mesma planta uma erva aromática ou uma especiaria.”

O condimento é “a substância [erva aromática, especiaria ou sal] que é adicionado a um alimento para lhe conferir mais sabor, aroma, cor ou realçar o paladar”.

As especiarias e ervas aromáticas “não possuem valor nutricional relevante”, isto porque as quantidades que se usam são muito pequenas. Mas o mais importante é que “contribuem com propriedades medicinais devido à presença de vitaminas, minerais, antioxidantes ou flavonoides.”

Alguns não falham na maioria dos pratos, como o sal ou a pimenta. Outros até são conhecidos, mas a dúvida é perceber como os usar. Já outros, como o feno-grego e a segurelha, têm nomes esquisitos e são menos conhecidos. Contudo, a grande surpresa está na lista dos benefícios que cada uma apresenta. São para usar à vontade, sem medo.

Para conhecer seis condimentos diferentes, mas saudáveis, para incluir nas refeições carregue na imagem.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo