Alimentação Saudável

Afinal, a manteiga de amendoim engorda ou não?

A verdade vai, finalmente, ser revelada — e talvez fique surpreendido com a resposta. A NiT conta-lhe tudo.

As dúvidas acabam hoje.

“Isso é um engano, só engorda”, ouve-se numa das bancadas. Do outro lado, respondem: “A manteiga de amendoim é a melhor coisa que apareceu na minha vida.” Se existisse um estádio para os adeptos do mundo saudável, a manteiga de amendoim seria a grande divisão entre elas. Para que isso acabe, a NiT vai esclarecer a grande dúvida do momento: afinal, esta manteiga engorda ou não?

“A manteiga de amendoim tem vindo a ganhar cada vez mais amantes por várias razões. Ela é saborosa, versátil e muito rica em termos nutricionais. Talvez seja mais falada e usada do que a manteiga de outros frutos secos porque é mais barata”, explica à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo.

É certo que é um alimento calórico — tem mais de 580 calorias por cada 100 gramas. Mas atenção: isso deve-se, essencialmente, ao elevado teor em gordura insaturada. Sim, estamos a falar das gorduras boas de que o nosso corpo precisa.

Segundo a também autora do blogue “Manias de Uma Dietista“, sendo o amendoim rico em antioxidantes, proteína, fibra, vitamina E, vitaminas do complexo B, fósforo, potássio, zinco, ferro, cobre e magnésio, este alimento acaba por ser uma bomba saudável para a saúde. Ele tem tem propriedades anti-inflamatórias, previne o aparecimento de doenças cardiovasculares, promove a saciedade, torna a pele mais bonita, favorece o ganho de massa muscular, combate a anemia e regula o trânsito intestinal.

Por isso, aqui vai a resposta que tanto esperou ouvir (ou, neste caso, ler): “A manteiga de amendoim tem os mesmos benefícios para a saúde que o fruto que lhe dá origem sendo, de uma forma geral, adequada para a maioria das pessoas saudáveis. Ou seja, pode fazer parte de uma alimentação saudável”, explica à NiT.

Contudo, há dois aspetos importantes que devemos ter em conta: a manteiga escolhida e a quantidade consumida. A NiT explica-lhe tudo abaixo.

1. É assim que se escolhe a manteiga de amendoim perfeita

É mais simples do que parece. A manteiga de amendoim deixa de ser saudável quando lhe é adicionado açúcar, sal ou gorduras transaturadas. Por isso, assegure-se que está a comprar uma manteiga 100 por cento de amendoim. Para isso, basta olhar para o rótulo. Ou, se preferir, sempre que possa faça a sua versão em casa. No fundo, trata-se apenas de triturar os amendoins até obter manteiga. É rápido e tem a certeza do que está a consumir.

2. Não ultrapasse esta quantidade

De acordo com Bárbara de Almeida Araújo, uma colher de sobremesa (cinco a seis gramas) a uma colher de sopa (15 gramas) é suficiente para a maioria das pessoas. Com esta quantidade consegue-se obter todos os benefícios do seu consumo sem aumentar muito a ingestão calórica. Contudo, é claro que a quantidade vai sempre depender do objetivo e características individuais.

“Então, se estiver a tentar emagrecer posso comer manteiga de amendoim?”, pergunta muito bem o caro leitor. A resposta é sim, até porque vai ajudá-lo a manter-se saciado e a acabar com os ataques repentinos ao frigorífico. Neste caso, uma colher de chá por dia será suficiente, adicionada às panquecas ou iogurtes ou pode ser usada para barrar fruta, por exemplo“, acrescenta a nutricionista.