NiTfm live

Alimentação Saudável

A dieta saudável que mudou a vida de Matt Preston (e o modo como pensa na comida)

Depois de 18 meses de pesquisa, o australiano concluiu que as dietas mediterrânica e flexitariana são as suas favoritas.
Já não come tantos hidratos.

Em setembro, Matt Preston esteve em Portugal à conversa com a NiT a propósito do lançamento do seu mais recente livro — “Delicioso, Fácil, Rápido” — que reúne 127 receitas simples para fazer no dia a dia. O crítico gastronómico que ficou conhecido em Portugal como jurado de “MasterChef Austrália” tem vindo a mudar a sua dieta ao longo dos últimos seis anos para adotar um estilo de vida mais saudável.

Agora, o australiano revelou as alterações que mudaram a sua vida — e a forma como vê a comida — num artigo publicado no site “delicious.”  a 10 de novembro. Depois de mais um ano de experiências, o crítico gastronómico encontrou o estilo de vida que melhor se adequa às suas necessidades com algumas mudanças simples.

Depois de 18 meses a pesquisar o que deveria comer, Matt concluiu que as dietas mediterrânica e flexitariana (que defende uma alimentação maioritatiamente focada em vegetais, com carne em moderação) são as suas favoritas. “Tento comer comida, não demasiado, maioritatiamente plantas”, explica.

Segundo Matt Preston, muitas dietas tendem a ser extremistas e a defender coisas contraditórias, como “pode comer manteiga mas não pode comer natas”. Para o apresentador, isso não faz qualquer sentido, até porque muitos estudos defendem que as dietas restritivas muitas vezes resultam nas compulsões alimentares. Assim, para ele o melhor é mesmo comer um pouco de tudo.

No entanto, defende que devemos ser conscientes e ter alguma moderação. Matt acredita que o seu corpo e a sua cabeça funcionam melhor quando não come hidratos de carbono refinados — algo que, explica, é mais fácil de fazer durante o dia do que à noite.

O mais importante que aprendeu durante os últimos meses é que não existe uma dieta certa para todos. O ideal é mesmo fazer o que resulta melhor para si, já que o estilo de vida, a genética e o ambiente em que se insere podem ter uma grande influência.

Por fim, Matt afirma que associar uma alimentação saudável a um pouco de exercício lhe trouxe bons resultados. As roupas assentam-lhe melhor e o nível de açúcar no sangue desceu, além de também registar melhorias nos níveis de colesterol

Carregue na galeria para conhecer os alimentos de que Matt Preston mais gosta, mas também aqueles que prefere moderar.