Alimentação Saudável

6 lanches saudáveis para o regresso à rotina (dos adultos e miúdos)

Simples, rápidos de preparar e ótimos para todas as idades. Veja as sugestões da NiT e da nutricionista Marta Mourão.

Que maravilha.

A vida dos pais não é fácil. Há sempre mil coisas para preparar e cerca de meio segundo para cada uma. As boas notícias é que há pelo menos uma tarefa com que já não vai ter de se preocupar mais: o lanche dos miúdos. Aquele cenário frenético em que tinha de preparar snacks diferentes para toda a família acabou.

Uma das regras básicas da alimentação saudável é que devemos fazer seis refeições por dia. Sabia, por exemplo, que o lanche da tarde deve representar dez por cento do valor energético total? Segundo Marta Mourão, nutricionista na cadeia de ginásios Holmes Place, o baixo teor de açúcar, principalmente os de adição e de absorção rápida; o reduzido teor de gordura, sobretudo saturada; o reduzido teor de sódio; e o elevado teor de fibras e antioxidantes são os quatro parâmetros base de um lanche saudável.

Mas atenção: isto não quer dizer que não tenha opções de lanches simples, de fácil conservação, práticos de preparar e que vão ao encontro das preferências da criança. O melhor é que são ideais para miúdos e adultos levarem para o regresso à rotina.

Contudo, “é importante realçar que cada criança tem necessidades energéticas diferentes de acordo com a faixa etária e alguns casos de intolerâncias, alergias alimentares ou outras patologias requerem um acompanhamento profissional específico e adequado”.

Para que não falhe nada, o ideal é cumprir sempre estas duas dicas NiT.

1. Não se esqueça de planear tudo

Fazer um planeamento semanal dos lanches, envolvendo os miúdos nas escolhas, é meio caminho. E não se esqueça de fazer todas as compras de que precisa. Desta forma, não cai na tentação de comprar produtos mais açucarados e rápidos de colocar na lancheira.

“Tenha sempre disponível pão escuro, bolachas de milho/arroz/quinoa/trigo sarraceno, fruta fresca, cenoura, tomate cherry, queijo com teor de gordura reduzido, iogurte natural (assegurando que tem condições de conservação), leite simples e cereais não açucarados e água”, sugere Marta Mourão.

2. É assim que deve preparar a lancheira

É simples: coloque sempre uma a duas peças de fruta na lancheira, uma fonte proteica (queijo, iogurte ou leite), vegetais e uma fonte de hidratos de carbono complexos (aveia, pão escuro, galletes).

Sandes de queijo, fiambre de aves e fiambre com um iogurte; ou galletes de milho sem sal com um queijo mini babybel light com um pacote de leite e fruta são sempre boas opções. Assim, pode variar e nem adultos nem miúdos se queixam.

Para ajudar, a NiT tem mais seis opções caseiras ideais para levar para o lanche. Carregue na imagem e tome nota.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo