NiTfm live

Alimentação Saudável

Estas celebridades seguem a mesma dieta controversa para manter a forma

Scarlett Johansson experimentou o método para preparar o seu corpo para o filme "Os Vingadores" e ficou fã. Mas não foi a única.
Scarlett Johansson faz parte da lista.

Se estiver atento às listas de tendências de saúde e de fitness, vai reparar que há uma que está sempre presente: a dieta, ou “não dieta” como por vezes é apelidada, do jejum intermitente. Para quem está a ouvir falar deste nome pela primeira vez, trata-se de um método que consiste em não comer durante determinados períodos, diariamente. Há várias variantes e é uma das tendências em maior crescimento.

Existe a variante 16/8, onde se jejua por 16 horas e se pode comer nas oito restantes; o jejum dos dois dias, onde durante dois dias da semana não se come mais do que 500 a 800 calorias. Também há quem alterne entre dias “normais” e dias de jejum, onde não se ingere nada mais do que água. Embora seja controverso, por causa das longas horas de restrições, os nutricionistas garantem que pode ser uma estratégia eficaz e segura.

Mas, atenção: apenas adultos saudáveis podem fazer jejum intermitente. Crianças, mulheres grávidas ou lactantes, diabéticos, mulheres com história de amenorreia ou que estejam a tentar engravidar não podem realizar estes métodos. Pessoas com história de distúrbios alimentares, que estejam a tomar medicação ou com alguma patologia também não o devem fazer.

Mesmo que seja saudável, como qualquer regime alimentar novo, também este não deve ser adoptado sem antes consultar um médico ou nutricionista. E, claro, o exercício físico não deve ficar de fora.

Jennifer tem 50 anos.

A última a revelar que segue esta dieta foi Jennifer Aniston, uma das protagonistas da aclamada série “Friends”. A atriz de 50 anos — que ouve várias vezes que parece ter 35 — revelou num entrevista a 23 de outubro à “Radio Times”, citada pela “Harper’s Bazaar”, ser fã do jejum intermitente. A versão que costuma seguir é a 16/8. “Notei uma grande diferença em não consumir comida sólida durante 16 horas”, disse.

Neste regime, as horas passadas a dormir também contam para o período de jejum. “É só preciso atrasar o pequeno-almoço até às 10 horas”, acrescentou. As manhãs da atriz começam geralmente com um sumo de aipo — outra das grandes tendências do momento do mundo fit, tal como a NiT deu a conhecer — e café.

Segundo a mesma publicação, esta “não dieta” tem sido aprovada pela ciência como benéfica para a saúde, não só por ajudar a emagrecer mas também por aumentar o ritmo metabólico, o foco e a atenção, bem como a energia. Além disso, pode melhorar os níveis de açúcar no sangue.

Porém, Jennifer Aniston não é a única cara conhecida a seguir este método. Carregue na galeria para descobrir outras cinco celebridades internacionais que são adeptas do jejum intermitente.