NiTfm live

Alimentação Saudável

3 alimentos que precisa ter em casa para emagrecer mais rápido

Os nutrientes do limão, do gengibre e do chá verde e algumas receitas para beneficiar-se destes alimentos.

Milagres, pelo menos no mundo das dietas, não existem. Mas há alimentos superpoderosos que ajudam a emagrecer mais rápido. Basta incluí-los na lista de compras do supermercado e incorporar alguns hábitos na rotina para melhorar a saúde física de modo geral. Além de acelerar o metabolismo, eles são naturais, fontes de energia e ricos em nutrientes.

Acabou o mistério. Estamos a falar do limão, do gengibre e do chá verde. Entre os principais benefícios do limão está a eliminação das toxinas acumuladas ao longo do dia. A fruta ajuda os órgãos responsáveis por esse processo e ainda é fonte de vitamina C.

O gengibre produz efeito termogénico no corpo, ou seja, aumenta a taxa de metabolismo e a queima de calorias. Apostar nessa raiz ajuda o organismo a responder à perda de peso mais rapidamente. Já o chá verde desintoxica, desincha e também ajuda no combate aos quilos a mais. Se o consumir no dia a dia, vai dizer adeus às gordurinhas mais depressa.

Limão

Esta fruta tem pouquíssimas calorias e alta concentração de vitamina C — nutriente com poder antioxidante, que faz efeito detox no organismo ao limpar as impurezas que impedem ou dificultam a perda de peso. Um hábito simples de incluir na rotina é beber um copo de água com limão logo que acordar.

A nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de Uma Dietista“, chama atenção para o fato de que a fruta previne o aparecimento de pedras de oxalato de cálcio nos rins. “Beber água com limão é uma forma de ingerir ácido cítrico e água, ambos importantes para a prevenção de pedras nos rins”, conta Bárbara à NiT.

A vitamina presente no limão protege as células dos radicais livres e retarda o envelhecimento precoce da pele. Além disso, é importante para a produção de colagénio, uma proteína que mantém a pele firme e dá elasticidade. O limão também tem propriedades que ajudam a fortalecer o sistema imunitário e combate a preguiça por ser fonte de energia.

Na luta contra a balança, algumas teorias indicam que a fibra solúvel presente no limão (a pectina) promove uma sensação de saciedade. Se beber um copo de água com limão, vai sentir-se cheio por mais tempo e comer menos. Não custa tentar. No mínimo, vai afastar as gripes e constipações.

Gengibre é sempre uma boa aposta.

Gengibre

Uma boa alternativa ao limão é o gengibre. Também pode adicioná-lo na água e beber ao longo do dia. Dizem as boas línguas que a especiaria é o segredo das famosas para acabar com a celulite, já que o problema surge por inflamações das células e essas são combatidas pelo gengibre. Mas não se trata apenas disso.

“O gengibre é fonte de vitamina C, potássio, manganês, cobre, magnésio e vitamina B6 e desde a antiguidade que tem sido utilizado pelos seus diversos benefícios para a saúde”, revela à NiT Bárbara de Almeida Araújo.

Este alimento é também rico em antioxidantes, atuam na prevenção de doenças como Alzheimer e Parkinson, pode ajudar a reduzir o nível de colesterol, atua no combate às náuseas e às dores menstruais.

As vantagens são inúmeras, mas o que chama mais atenção é a ação termogénica do gengibre, que acelera o metabolismo e provoca a queima de gordura. Como tudo que é em excesso faz mal, a recomendação é não ingerir mais de três ou quatro gramas de extrato de gengibre por dia. Dito isto, incluí-lo na água, nos sumos ou chás pode ser uma boa aposta.

Chá verde

O sabor é um pouco amargo, mas rapidamente vai descobrir que vale a pena inserir algumas chávenas de chá verde na dieta. São uma ótima companhia para os dias frios e, além de aquecer, contém cafeína e catequinas que são termogénicos naturais. Um estímulo para o corpo acordar e ainda queimar mais calorias que o normal.

Os polifenóis presentes no chá colaboram para a redução da gordura corporal, sobretudo a nível abdominal. Além disso, de acordo com a especialista, este tipo de chá aumenta a libertação de colecistoquinina, uma hormona responsável pela sensação de saciedade.

A pele também é afetada pela ingestão deste chá feito a partir das folhas de Camellia Sinesis — uma planta originária do sudeste Asiático. “Os antioxidantes presentes no chá verde reduzem a formação de radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. Ou seja, fazem a nossa pele ficar mais bonita, jovem e saudável”, explica Bárbara à NiT.

Os benefícios são evidentes. Contudo, deve sempre evitar ingeri-lo na hora das refeições já que, segundo a especialista, pode bloquear a absorção de alguns nutrientes importantes, como o ferro e o cálcio.

Agora que provavelmente estes alimentos já estão na lista de compras desta semana, carrega na imagem para ver como pode incluí-los na dieta.