Alimentação Saudável

17 saladas deliciosas para experimentar nos próximos meses (e manter a dieta)

Há opções com legumes, frutos secos, fruta e até manteiga de amendoim. Pode tomar nota de todas.
Ainda pode tirar uma fotografia colorida para as redes sociais.

Está na altura de acabar de vez com a ideia de que as saladas são refeições chatas e sem sabor. Se escolher os ingredientes certos, pode criar uma versão saudável e deliciosa — aliás, tão maravilhosa que até vai querer repetir.

Porém, há alguns alimentos proibidos e que tem de deixar sempre de fora do prato: croutons, queijo gordo, queijo ralado, bacon e presunto. São ricos em gordura e não vão ajudá-lo a manter uma alimentação equilibrada.

Pode começar com uma salada simples de atum. Ana S. Guerreiro, autora do blogue NiT “Mamã Paleo”, sugere uma receita baixa em hidratos de carbono, sem glúten e sem lacticínios. “É ótima como entrada, refeição principal e até mesmo como pequeno-almoço, caso acorde com muita fome”, garante.

Já a nutricionista Mafalda Rodrigues de Almeida aposta numa combinação original e improvável de espinafres com molho de amendoim. “Uma salada mais aconchegante, muito rápida, saborosa e que pode adaptar. Troque a papaia por abóbora assada aos cubinhos ou por romã, os espinafres por alface, a couve roxa por couve chinesa ou agriões, seja criativo”, desafia.

A especialista, que é autora do blogue NiT “Loveat”, tem outra proposta para quem gosta de arriscar em sabores diferentes (mas deliciosos): uma salada de espiralizado de courgette com frango e framboesa. Bónus: há molho de laranja com malagueta.

“Em termos calóricos, usar este espiralizado de courgette, em vez de massa, faz uma diferença de 20 calorias e 15 gramas de hidratos de carbono por 100 gramas, para 140 calorias e cerca de 77 gramas de hidratos de carbono pela mesma quantidade, respetivamente. Por isso, podemos dizer que esta é uma receita light e que o vai ajudar a ficar saudável”, diz.

Carregue na galeria para descobrir, então, 17 receitas de saladas para experimentar nos próximos meses — e manter a dieta.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT