Alimentação Saudável

10 dicas para deixar de comer açúcar de vez

Dormir 8 horas por dia, comer passas ou lentilhas pode ajudar a acabar com este terrível vício.

Se há ingrediente que dá cabo da cabeça (e da barriga e dos dentes), é o açúcar. Melhor amigo de todos os dias, na alegria e na tristeza, sabe bem e vicia. Mais: anda disfarçado por todo o lado. Os donuts, os chocolates, as gomas e até as batatas fritas precisam dele, e nós também. Mas chegou o momento de acabar de vez com este vício, sem passar pela ressaca. 

O açúcar não é apenas aquela versão granulada branca ou castanha que, normalmente, compramos no supermercado ou que nos acompanha durante o café à hora de almoço. A verdade é que este ingrediente é omnipresente, mesmo que se mascare de xarope para disfarçar.

Por isso, “substituir o açúcar branco, que é considerado uma droga, por outros açúcares ou até mesmo edulcorantes não vai ajudar a acabar com este vício”, explica à NiT Bárbara de Almeida Araújo, nutricionista e autora do blogue “Manias de uma Dietista“.

Este ingrediente está presente em quase todos os alimentos, com exceção da carne, do peixe e dos ovos. E isso não é bom, uma vez que nutricionalmente apenas nos fornece hidratos de carbono de absorção rápida. Ou seja, é uma fonte de calorias vazias.

Além disso, segundo a nutricionista, o excesso de consumo do açúcar é uma das principais causas de obesidade, diabetes tipo dois, hipertensão arterial, hipercolestorémica, doenças cardíacas e esteatose hepática (fígado gordo).

Quanto mais açúcar ingerimos, mais vontade temos de comer. A explicação é simples, de acordo com a especialista, estes alimentos açucarados provocam-nos uma sensação de prazer e bem-estar.

Agora, as boas notícias: é possível ver-se livre deste vício com força de vontade. Para ajudar, carregue na imagem e tome nota das dicas da NiT para deixar de comer açúcar de vez.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo