Ginásios e outdoor

CrossPunch: nesta boxe as aulas misturam cross training e luta

Treino de alta intensidade aliado ao boxe e ao kickboxing. É assim que se treina neste espaço de Matosinhos.

Em 2015, Gonçalo Pinto, 26, natural de Matosinhos, decidiu mudar o rumo da sua vida: abandonou a carreira na área de controlo de gestão numa empresa de software e dedicou-se àquilo que mais gosta — ao desporto.

Atleta de alta competição de desportos de combate desde os dez anos, campeão da Europa de kickboxing em 2015 e qualificado para o campeonato do mundo de 2016, decidiu abrir uma box diferente de todas as outras. Chama-se Cross Punch e, tal como o nome nos indica, mistura o cross training (tipo de treino intervalado de alta intensidade) com desportos de combate, mais concretamente com boxe e kickboxing.

Fica em Matosinhos, na rua Serpa Pinto e aqui não se treina em regime de open box. Os treinos decorrem todos em duas aulas de grupo: as de Cross Punch, que segue o conceito base do espaço, ou de cross training, onde o treino é meramente de alta intensidade, seguindo o estilo do CrossFit.

De acordo com Gonçalo Pinto, “o desporto de combate dá-nos autoestima e alivia o stress do dia-a-dia. A sensação de bater num saco é muito libertadora. Com o treino de alta intensidade temos resultados muito, muito rápidos, tanto na acumulação de massa muscular, como aumento de energia e condição física no geral”, explica à NiT. Além disso, e como indica o responsável pelo espaço, é adaptável a qualquer nível de preparação física.

Como é que se junta o crosstraining aos desportos de combate numa só aula? “Primeiro fazemos um aquecimento, depois treinamos a parte técnica do boxe e do kickboxing e, no final, há um desafio de crosstraining, com burpees, salto à corda, pesos, kattlebell swing ou dead lift, por exemplo”, conta.

Com 320 metros quadrados e a funcionar desde junho neste local (antes estava num mais reduzido), a Cross Punch já conta com 550 sócios. Gonçalo Pinto explica à NiT que este número se deve, sobretudo, a dois fatores: primeiro, pelo facto de não haver mensalidades (a frequência no espaço é paga através de packs de aulas) e por causa do espírito de união que ali se vive.

“As pessoas quando começaram a treinar na box não conheciam ninguém e agora são quase todos amigos. É quase como o recreio do trabalho. E criam-se amizades, o que é uma coisa incrível.

Gonçalo Pinto dá aulas de cross punch. Com ele colaboram (a dar as aulas de cross training) Miguel Salustio, 33 e engenheiro eletrotécnico, e Rui Ribeiro, 27, engenheiro informático.

Sem fidelização, mensalidades ou valores de inscrição, uma aula experimental neste espaço custa 4,50€ sendo que a segunda é oferecida. Quem gostar e quiser ficar tem três opções: ou compra aulas avulso (que têm o mesmo valor que a experimental), ou compra um pack de dez aulas por 39€ ou ainda um de pack de 30 aulas por 105€.

“Aqui usufruímos sempre do valor que gastamos”, termina o responsável.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT