Televisão

Os concorrentes são hipnotizados no novo programa da SIC

"DivertidaMente" estreia este domingo, 11 de março, e é apresentado por João Manzarra. A NiT esteve nos bastidores das gravações.

O hipnotizador José Tejada acabou de os adormecer.

À medida que vão chegando ao estúdio 3 da Valentim de Carvalho, em Paço de Arcos, o nervosismo começa a aumentar. Vão ser maquilhados, arranjados e — depois de almoço — completamente hipnotizados. São os concorrentes do novo programa da SIC, “DivertidaMente”, que estreia este domingo, 11 de março, pelas 21h30.

Tudo começou três meses antes, quando a estação de televisão lançou um anúncio para procurar candidatos para o seu novo concurso, um programa com jogos engraçados e onde se podia fazer dinheiro. Só depois é que se percebeu que todas essas pessoas iriam jogar hipnotizadas — e foi mesmo por isso que existiram castings, de norte a sul do País, várias semanas antes do início das gravações.

“Só cerca de 50% da população é que é hipnotizável aos níveis que é necessário para fazer este programa”, conta à NiT o produtor executivo do programa, Rui Ávila, da Shine Iberia em Portugal, durante as gravações de um dos episódios.

É o espanhol José Tejada o hipnotizador de serviço já tem experiência nas versões do programa no Reino Unido, nos EUA ou na Austrália. Os concorrentes parecem ser hipnotizados a um nível profundo. Naquele dia não puderam beber café e foram aconselhados a ter uma boa noite de sono para que a indução corresse da melhor forma.

O processo parece simples: quatro concorrentes, que supostamente nunca se viram na vida e até são de zonas diferentes do País, sentam-se todos num sofá preto. Estão na sala da hipnose, isolada do resto do estúdio. Por ali estão o mínimo possível de pessoas. José Tejada coloca uma música relaxante a tocar e vai dando instruções aos concorrentes: o objetivo é que relaxem totalmente o corpo e adormeçam até a um certo nível, para que o subconsciente permaneça desperto. É a ele que o hipnotizador dá comandos e programa ordens, além de frases e palavras-chave. A partir daí, só se pode falar com eles depois de todo o programa estar concluído.

A NiT assiste a partir da régie à sessão, que dura cerca de meia hora desta vez até foi rápido, avisam-nos. O tempo médio das outras gravações tem sido entre 45 minutos a uma hora. O ambiente é tão hipnotizador e contagiante que quase o sentimos a partir do som e imagem do vídeo transmitido em direto para a sala onde nos encontramos. Mais do que uma pessoa da produção diz-nos que, num dos dias anteriores, um técnico de áudio que estava na sala da hipnose chegou a ser adormecido involuntariamente por José Tejada e a cair no chão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT