Televisão

“Hospital de Campanha”: a nova série de médicos da televisão portuguesa

No entanto, esta história é bem diferente do habitual. Passa-se no Afeganistão em 2006. A temporada tem 13 episódios.
Cada episódio tem cerca de 40 minutos.

Ao longo dos anos, as séries de televisão passadas em hospitais e centradas no trabalho de médicos e enfermeiros têm-se tornado extremamente populares. De “Anatomia de Grey” a “Dr. House”, passando por “Serviço de Urgência”, “The Good Doctor” ou “New Amsterdam”, têm sido muitas as produções de sucesso com este tema.

Na próxima terça-feira, 16 de junho, estreia na televisão portuguesa — mais concretamente, no canal AXN — uma série de médicos com um twist inesperado. “Hospital de Campanha” passa-se no Afeganistão, numa unidade de saúde da Coligação Internacional que lá estava em 2006.

É nesse ano que se passa a narrativa do projeto, que pode ver a partir das 22h05 no AXN. Aqui os casos de pacientes não são — em geral — pessoas com cancro, vítimas de acidentes de carro ou a sofrer de doenças raras com diagnósticos difíceis de determinar. São soldados de vários países ocidentais que chegam com balas ou estilhaços de bombas nos corpos, ou outros problemas de saúde decorrentes da sua atividade no Afeganistão e no combate aos talibãs.

Também há civis, vítimas de atentados, que precisam de receber assistência médica nesta unidade em Kandahar. Existem até casos de inimigos feridos que precisam de cuidados de saúde.

“Hospital de Campanha” retrata a vida de médicos e enfermeiros dos EUA, Canadá e Reino Unido (entre outros países aliados) a trabalhar em condições de alta pressão que têm como objetivo salvar o máximo possível de vidas que passem pela sua unidade. A trabalhar em tendas e noutros espaços improvisados, os profissionais de saúde terão dificuldades acrescidas para fazer procedimentos que seriam relativamente fáceis num hospital das suas cidades. As relações pessoais entre as personagens também fazem parte do enredo.

À frente desta equipa está o Coronel das Forças Canadianas Xavier Marks (Elias Koteas), que conta na área de trauma com a Major Rebecca Gordon (Michelle Borth), cirurgiã que quer impressionar com os seus conhecimentos, e o Capitão Bobby Trang (Terry Chen).  O elenco inclui ainda Luke Mably, Arnold Pinnock, Gord Rand, Deborah Kara Unger, Karan Oberoi, Ellen Wong, Dwain Murphy, Lisa Berry, Hamza Jeetooa, Trenna Keating e Daniel DeSanto, entre outros.

“Hospital de Campanha” foi filmada em Toronto, no Canadá, apesar de uma ideia inicial ter previsto que as gravações acontecessem em Marrocos — de forma a simular o ambiente árido do Afeganistão. 

A produção canadiana, que também foi transmitida nos EUA, estreou em 2011, mas nunca foi renovada para uma segunda temporada. As críticas não foram positivas e as audiências eram pouco animadoras.

Por isso, no total, existem apenas 13 episódios, cada um com cerca de 40 minutos. Uma das criadoras do projeto, Jinder Chalmers, esteve num verdadeiro hospital de campanha no Afeganistão para fazer pesquisa, recolher imagens e histórias reais que pudessem servir de inspiração para o guião.

Carregue na galeria para conhecer outras novidades da televisão (e do streaming) para o mês de junho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT