Televisão

“Good Girls Revolt”: a nova série sobre a luta feminista numa redação dos anos 60

Estreia na noite desta terça-feira, 30 de junho, e tem dez episódios.
Tem dez episódios.

Nos Estados Unidos da América dos anos 60, as velhas tradições ainda se mantêm, mas a mudança progressista está iminente — apenas à procura do espaço e tempo certo para se afirmar. 

É neste cenário que se desenrola a nova série da televisão portuguesa, “Good Girls Revolt”, que estreia esta terça-feira, 30 de junho, às 21h25, no canal AXN White. Tem dez episódios.

“News of the Week” é o título da revista que está no centro da história. Grande parte da ação acontece na redação desta publicação e foca-se no lado das trabalhadoras mulheres — inspira-se nas histórias reais de muitas mulheres no mundo do jornalismo desta época.

Apesar de fazerem grande parte do trabalho mais árduo — investigando, confirmando as informações com fontes, obtendo factos, não lhes era permitido concretizar a missão. Quase não podiam escrever e nunca podiam assinar os artigos.

Não eram consideradas jornalistas — um papel que estava reservado para os colegas masculinos. Eram apenas “investigadoras”. Apesar de serem mais talentosas e terem mais valências em comparação com muitos dos colegas homens. Além disso, recebiam muito menos dinheiro pelo trabalho que faziam.

Esta série acompanha a batalha de um grupo destas mulheres na luta por conquistarem mais direitos. Insurgem-se perante as desigualdades de género — que existem naquela redação mas em tantos outros setores e dimensões da sociedade americana da altura — e lutam por aquilo que mais querem: justiça, igualdade, reconhecimento.

A discriminação, os estereótipos, a revolta e a própria confiança entre personagens são alguns dos temas vitais para o enredo de “Good Girls Revolt”.

O elenco inclui Genevieve Angelson, Anna Camp, Erin Darke, Hunter Parrish, Chris Diamantopoulos, Joy Bryant, Michael Oberholtzer, Danya LaBelle, Daniel Eric Gold, Leah Moth e Frankie Shaw, entre outros.

A série, que é uma produção da Amazon — estreou originalmente em 2016 —, é uma adaptação televisiva do livro com o mesmo título publicado em 2013 e escrito por Lynn Povich. Apesar de ter recebido boas críticas, nunca foi renovada para uma segunda temporada.

Carregue na galeria para conhecer outras das principais novidades da televisão (e do streaming) que estrearam neste mês de junho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT