Televisão

Episódio de “Fawlty Towers” sobre a Segunda Guerra Mundial retirado da BBC

A estação preferiu não explicar quais foram os motivos desta decisão — que chega numa altura em que várias séries são censuradas.
A série com John Cleese.

Um episódio da popular série britânica “Fawlty Towers”, liderada por John Cleese, foi retirado do canal de streaming da BBC, alegadamente por conter menções ou referências raciais. “Don’t Mention the War” foi o mais recente programa de televisão a ser retirado de um serviço de streaming pertencente à BBC, à medida que várias emissoras naquele país estão a realizar uma assumida “reavaliação” do antigo conteúdo televisivo britânico, adianta o “The Guardian“.

Segundo o jornal britânico, o episódio foi removido do serviço de busca UKTV, controlado pela BBC, não tendo no entanto a UKTV respondido a pedidos de comentários sobre os motivos exatos. Ao jornal, a plataforma apenas adiantou que, embora não comentando caso a caso, faz revisões e edições regulares e sempre que necessário, “para garantir que nossos canais atendem às expetativas do nosso público”.

No episódio, originalmente transmitido em 1975, o personagem de Cleese faz comentários sobre a Segunda Guerra Mundial a uma família alemã, embora haja uma situação em que um hóspede do hotel usa uma linguagem racista forte em relação a uma anedota sobre a equipe de críquete das Índias Ocidentais. Além disso, a dado ponto, o personagem de Cleese, Basil Fawlty, que era claramente preconceituoso e intolerante em toda a série, parece chocado por, naquele hospital, ser tratado por um médico negro.

O episódio termina com Basil a fazer comentários sobre a Segunda Guerra Mundial a uma família alemã, numa frase que perdurou e que deu nome ao episódio.

O movimento Black Lives Matter, que se adensou depois da morte de George Floyd, nos Estados Unidos, criou um crescente escrutínio sobre o racismo histórico em programas de entretenimento, com alguns canais a verificarem os seus catálogos antigos e a responderem às críticas de programas que eram considerados entretenimento familiar.

O primeiro e mais mediático caso foi a retirada da série cómica “Little Britain” do catálogo de plataformas como a BBC e Netflix. Neste caso, a série toda saiu da plataforma, já que os criadores David Walliams e Matt Lucas personificavam constantemente personagens negras, pintando a cara com uma “blackface”. Aqui e no caso “Fawlty Towers”, os comentários nas redes sociais dividem-se entre quem concorda e discorda da medida.

Além de manifestações e repercussões na cultura — que inclui também a eliminação temporária do filme “E Tudo o Vento Levou” do catálogo da HBO — várias estátuas ligadas à história colonial foram vandalizadas, tal como a NiT noticiou. Em Bristol, no Reino Unido, um grupo de manifestantes derrubou uma estátua de um comerciante de escravos que ali estava há 200 anos.

No mesmo país, na quinta-feira, foi decidida a retirada da estátua do fundador dos escoteiros, Robert Baden-Powell, que está em Dorset. A decisão, que surgiu após os protestos contra o racismo em todo o mundo, está relacionada com as “simpatias nazis” do antigo herói de guerra. 

Em Lisboa, a Estátua do Padre António Vieira foi vandalizada esta quinta-feira, 11 de junho, tendo já sido reabilitada pela autarquia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT