Televisão

“Django Libertado”. O western furioso de Tarantino chegou à Netflix

Entre as novidades desta semana está também a história de Daniel-san e Mister Miyagi no clássico “Karate Kid”.
Chegou a sua dose mensal de Tarantino.

Veloz, violento e vencedor de dois Óscares. O filme escrito e realizado por Quentin Tarantino em 2012 é uma das estreias em destaque na plataforma de streaming e está disponível a partir desta segunda-feira, 1 de junho.

Inspirado nos spaghetti westerns da década de 60 e em “Mandingo”, de 1975, Tarantino refez a fórmula em “Django Libertado”, com o seu talento para diálogos acutilantes, humor e enredos inesperados.

A história acompanha Django, um escravo libertado que parte em busca da esposa pelas perigosas estradas de um sul racista. Com a ajuda improvável de King Schultz (Christoph Waltz), um caçador de recompensas, a personagem interpretada por Jamie Foxx vai chocar com Calvin Candie (Leonardo DiCaprio).

De um clássico moderno, viajamos até aos saudosos anos 80 para revisitar a dupla eterna composta por Daniel (Ralph Macchio) e Mister Miyagi (Pat Morita) em “Karate Kid” — um sucesso de 1984 que, nesse mesmo ano, fez parte da lista dos mais bem-sucedidos nas bilheteiras mundiais. E que levou milhares de miúdos pelo mundo inteiro a convencer os pais a inscrevê-los em aulas de karaté.

Estes são apenas duas das grandes estreias da plataforma para o mês de junho, que traz também o icónico filme de Stanley Kubrick, a obra-prima do terror de 1980, “The Shining”. “Assim Nasce Uma Estrela” com Bradley Cooper e Lady Gaga chega a 13 de junho e ha ainda espaço para mais clássicos: “A Semente do Diabo” já está disponível; e “Truman Show — A Vida em Direto” chega só a 15 de junho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT