Televisão

Depois de “La Casa de Papel” e “White Lines”, vem aí a nova série “Sky Rojo”

É mais uma criação de Álex Pina para a Netflix. As gravações começaram em novembro do ano passado.
É o segundo projeto de Álex Pina criado para a Netflix.

Depois de “La Casa de Papel” se tornar no fenómeno mundial de popularidade que é, graças à distribuição da Netflix, a plataforma de streaming quis assinar um acordo milionário de exclusividade com o argumentista e produtor espanhol Álex Pina (cuja história já contámos na NiT).

Passados alguns meses começaram a aparecer os detalhes iniciais sobre os primeiros projetos concebidos por Álex Pina em específico para a Netflix. A primeira produção, “White Lines”, estreou a 15 de maio e inclui os portugueses Nuno Lopes, Paulo Pires e Rafael Morais no elenco. Chegou ao top dos conteúdos mais vistos em mais de 20 países. Leia a crítica da NiT.

O próximo projeto de Álex Pina para a plataforma de streaming — sendo que o guionista faz ainda parte da equipa que escreve “Vis a Vis”, também disponível na Netflix (com exceção para a última temporada) — chama-se “Sky Rojo”. A NiT resume aquilo que já sabemos sobre esta produção.

A produção

As gravações de “Sky Rojo” (que significa “céu vermelho”) arrancaram em meados de novembro em Madrid. A narrativa divide-se entre a capital espanhola e a ilha de Tenerife, nas Canárias. Para criar o guião deste projeto, Álex Pina juntou-se novamente a Esther Martínez Lobato, com quem escreveu “Vis a Vis”.

Vai ter duas temporadas — cada uma com oito episódios, realizados por Eduardo Chapero-Jackson e Javier Quintas. Ainda não há uma data de estreia prevista, até porque as gravações tiveram de ser interrompidas por causa da pandemia da Covid-19. Não há ainda uma data confirmada para retomar a produção.

A história

“Sky Rojo” relata a história de três prostitutas que fogem do bordel onde viviam depois de deixarem o seu chulo gravemente ferido — e a necessitar de uma cadeira de rodas para o resto da vida. 

O trio — composto por uma espanhola, uma colombiana e uma brasileira — começa uma fuga difícil depois de cometerem vários crimes. Não podem pedir ajuda à polícia e têm um grupo perigoso de mafiosos à sua procura. Só têm duas hipóteses: continuarem a fugir ou atacarem os seus perseguidores enquanto buscam vingança.

Em comunicado, os argumentistas prometeram uma história cheia de adrenalina e perseguições, além das suas habituais personagens carismáticas e dilemas morais.

“Retratamos a impunidade, a ambiguidade, a realidade brutal da prostituição, além dos traços psicológicos de ambos os lados. É um cavalo de Tróia que explode na tela com hedonismo, estética e ação, mas onde estão escondidos os dilemas que fazem o espectador oscilar na mesma ambiguidade moral.”

Em entrevista com o jornal espanhol “La Vanguardia”, Pina disse ainda que se trata de um projeto com “um risco muito alto, não apenas pelo tema, que é a prostituição e o tráfico de escravos brancos, mas também pela abordagem” que vão trazer à temática.

O elenco

Entre os atores que vão participar nesta nova série encontram-se Enric Auquer, Lali Espósito, Asier Etxeandia, Yany Prado, Miguel Ángel Silvestre (que tem experiência na Netflix por ter participado em “Narcos” e “Sense8”) e Verónica Sánchez, entre outros que ainda estão por confirmar.

Enquanto espera por “Sky Rojo”, carregue na galeria para conhecer as principais novidades da televisão (e do streaming) para o mês de maio.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT