Teatro e exposições

Vhils esculpiu uma ceifeira na Comporta e mostrou tudo em vídeo — que já é viral

Na Quinta da Comporta, há agora uma incrível homenagem a trabalhadores e agricultores, com a imagem de uma mulher.
Foto partilhada no Instagram.

Tudo o que Vhils faz tende a tornar-se popular e viral em poucos dias, e por bons motivos: por um lado devido à forma, normalmente incrível; e por outro ao conteúdo, havendo sempre uma história por trás da manifestação de arte.

Desta vez, Alexandre Farto criou um gigante retrato de uma agricultora, mais especificamente de uma ceifeira do arroz, num enorme muro da Quinta da Comporta.

A mulher é, escreve o artista, “um símbolo das gerações que ajudaram a moldar esta paisagem fértil ao longo dos séculos, ajudando a preservar a sua memória e importância para o futuro”.

Já a Quinta da Comporta acrescenta, no seu Instagram, que “trabalhadores, agricultores, pessoas: são eles a alma da Comporta. Os que lhe dão o seu carácter, que edificam a sua cultura e que moldam o estilo de vida na vila”. Com esta peça de Vhils, adianta, “agora estão representados não só de forma intrínseca mas também visível na nossa história e espaço. Camada a camada, o Vhils deixou nas nossas paredes um eco da comunidade local que inspira o nosso dia-a-dia”.

A obra já era visível desde o inicio do mês de junho, não sendo certo de quando terá sido concluída. Certo é que o vídeo do artista que mostra a evolução da obra — e o seu resultado final — no Instagram, publicado na sexta-feira, 26 de junho, conseguiu em poucas horas mais de 26 mil visualizações.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT