Teatro e exposições

Afinal, a Festa do Avante! vai ter lotação reduzida e uso obrigatório de máscara

O recinto estará limitado a 30 mil visitantes — ao contrário dos 100 mil de que tanto se falou nas últimas semanas.
Este ano será diferente.

Tem sido uma dos temas mais polémicos deste verão. A Festa do Avante! vai mesmo em frente, mas a um terço da capacidade total e com todas as regras para que o evento decorra sem problemas. Num comunicado publicado no site do PCP, os comunistas anunciaram que as entradas na festa vão ser limitadas a 33 mil pessoas no recinto, tendo em conta o contexto de pandemia de Covid-19.

Vai haver cerca de nove metros quadrados para cada visitante — a Quinta da Atalaia e do Cabo da Marinha, na Amora, tem uma dimensão de 30 hectares.

“Os 300 mil metros quadrados postos à disposição dos visitantes significam que cada um pode usufruir de uma área superior à que está estabelecida para a frequência de praias e que, em regra, será o dobro daquela que está fixada para espaços similares (no caso, espaço ao ar livre)”, revelam os comunistas. 

Além do distanciamento social, os responsáveis do PCP, que têm estado em articulação com a Direção-Geral da Saúde, garantem a disponibilização de materiais de higienização e o uso obrigatório de máscaras no recinto. Vão ser ainda implementados “corredores de circulação de sentido único, separação de canais de entrada e saída, maior fluidez de acesso a transportes públicos”.

Também vai haver alterações nos horários. As entradas só aconteceram até à meia noite de sexta-feira e sábado e às 22 horas de domingo, ao contrário das tradicionais uma da manhã e das 22h30, respetivamente.  

.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT