música

Michael Bublé anuncia o fim da carreira

O cantor canadiano diz que está farto do "narcisismo" das celebridades e quer passar mais tempo com o filho.

O cantor deixa a carreira aos 43 anos.

Aos 43 anos, Michael Bublé anunciou que vai deixar de cantar. O artista pôs fim à carreira numa entrevista ao jornal britânico “Daily Mail”, a última, segundo o cantor. A decisão deve-se à “percepção de vida ter mudado” depois da doença oncológica que o filho Noah, de cinco anos, venceu.

“Não tenho mais estômago para isto. O narcisismo da celebridade. Esta é minha última entrevista. Vou-me retirar”, disse Michael Bublé. O cantor canadiano deixa assim uma carreira com 17 anos onde ganhou dois Emmy: em 2011, com o álbum “Christmas”; e em 2014, com “To Be Loved”.

Bublé tem passado os últimos meses apenas com o filho que lutou contra um cancro no fígado e que, neste momento, está em período de remissão. Em novembro é lançado o mais recente trabalho, “Love”, que não terá nenhuma apresentação.

“BaBalu”, em 2001, foi o seu primeiro disco. “Everything”, “It’s a Beautiful Day”, “Home” e “Close Your Eyes” são alguns dos singles de sucesso. Além das versões de músicas de Natal.

Michael Bublé atuou duas vezes. Em novembro de 2010 no ainda Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e depois em 2014, no mesmo palco, mas enquanto Meo Arena. A sala de espetáculos entretanto mudou novamente de nome, agora é Altice Arena.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT