Música

Afinal, NOS Alive vai reembolsar o valor dos bilhetes já em 2021

Quem quiser o dinheiro de volta, poderá fazer o pedido a partir de 25 de julho do próximo ano.

Contrariamente ao que indicava a legislação especial criada para regular a situação dos bilhetes para eventos adiados por causa da pandemia, a Everything Is New, organizadora do NOS Alive, anunciou esta segunda-feira, 8 de junho, que irá proceder ao reembolso a partir 25 de julho de 2021. Uma solução alternativa ao tão criticado reembolso apenas em 2022.

Adiada para os dias 7 a 10 de julho de 2021, a 14.ª edição do festival de Oeiras colocou um problema complicado para quem já tinha investido nos passes. A primeira solução oficial passou por não cancelar, mas fazer transitar o festival para o ano seguinte. A questão foi alvo de legislação especial, que ditou que o valor das entradas de espetáculos que se realizariam entre 28 de fevereiro e 30 de setembro, e que consequentemente foram adiados por causa da pandemia, não seriam reembolsadas.

No caso dos festivais, estabeleceu-se que o consumidor poderia trocar o bilhete por um vale do mesmo valor, válido até final de 2021 e, só nessa altura, é que poderia pedir o reembolso, caso o vale não tenha sido usado.

Publicado por Everything Is New em Segunda-feira, 8 de junho de 2020

 

A organização do NOS Alive move-se agora numa direção diferente, permitindo que os portadores de bilhetes possam pedir o reembolso cerca de seis meses antes da data fixada, a partir de 25 de julho, no máximo até aos primeiros 14 dias úteis de janeiro de 2022. 

Quem se mantiver intransigente e cheio de vontade de ir à próxima edição do Alive, pode trocar os bilhetes a partir de 15 de junho — ou optar por um vale que poderá ser usado noutros espetáculos organizados pela Everything Is New.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT