Livros

Feira do Livro de Lisboa está confirmada para agosto — com regras apertadas

O evento, que devia ter lugar nos próximos dias, terá que cumprir normas das feiras e mercados.
Ela vai mesmo voltar.

Esta quinta-feira, 28 de maio, deveria assinalar-se o primeiro dia da 90.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, traída pela pandemia. Depois de um adiamento, confirma-se o regresso do evento em agosto, uma informação confirmada pela vereadora da cultura da cidade, em declarações ao “Observador”.

“Já estão reunidas as condições, já sabemos com que regras a Feira do Livro pode operar e a data final já foi acordada”, explica Catarina Vaz Pinto.

O evento, adiado no início de março, irá então regressar ao Parque Eduardo VII “em fins de agosto” — a data concreta ficou por ser revelada. Para que isso aconteça, terá que cumprir as mesmas regras de segurança e higiene exigidas para as feiras e mercados.

A reabertura das feiras da cidade como a da Ladra e do Relógio obrigou a uma alteração de hábitos: exige-se o uso de máscara, bem como um maior cuidado na manutenção de um distanciamento social. 

“Serão colocados painéis informativos com recomendações de segurança, será feito o reforço da higienização e limpeza das feiras e o reforço da fiscalização para garantir o cumprimento das regras”, explicava o comunicado da CML relativo às novas normas para estes eventos ao ar livre.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT