Cinema

Vem aí um documentário sobre os últimos dias de vida de Robin Williams

O ator e comediante americano suicidou-se em 2014 com 63 anos.
O ator sofria de uma grave doença e não sabia.

Fez rir milhões de pessoas em dezenas de filmes, ganhou um Óscar graças a “O Bom Rebelde” e era brilhante em papéis cómicos como em tramas dramáticas. Contudo, fora dos ecrãs a realidade era completamente diferente e Robin Williams mergulhava habitualmente em profundas depressões. Acabou por se suicidar em agosto de 2014, aos 63 anos.

Entretanto, saíram biografias e até um documentário sobre o percurso como ator. Parece não ter sido suficiente. A revista “Rolling Stone” avançou esta sexta-feira, 7 de agosto, que vem aí um documentário que explora os últimos dias de vida do ator.

Vai chamar-se “Robin’s Wish” e já tem trailer, no qual é possível ver várias imagens de bastidores. Neste documentário é analisada a morte de Williams e como o relatório da autópsia revelou que estava, sem saber, a lutar contra a demência de corpos de Lewy, uma doença complexa com sintomas físicos, cognitivos e comportamentais.

“Através de uma lente jornalística envolvente, esta história incrível lança uma ideia inteiramente nova sobre a tragédia, a beleza e o poder por trás da mente de um dos maiores artistas de todos os tempos”, dizem os cineastas, citados pela mesma publicação.

Susan Schneider Williams, mulher de Robin, reagiu ao documentário de forma positiva: “Robin queria ajudar todos nós a ter menos medo. Esse era o desejo do Robin. Estávamos a discutir o que queríamos que fossem os nossos legados quando chegasse a nossa hora de ir, como queríamos que as pessoas se sentissem. Robin disse-me: ‘Quero ajudar as pessoas a terem menos medo’.”

“Robin’s Wish” vai ser realizado por Tylor Norwood e inclui entrevistas com muitos amigos e colegas do ator. Fica disponível a 1 de setembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT