Cinema

Sam Mendes ganha prémio do Sindicato de Realizadores de Cinema

Realizador de "1917" prova mais uma vez que é um dos grandes favoritos à vitória dos Óscares.
Bravo.

Este sábado, 25 de janeiro, foram entregues os prémios do Sindicato de Realizadores de Cinema, Televisão e Publicidade, em Los Angeles, nos EUA. Sam Mendes, o realizador de “1917“, recebeu o Directors Guild of America Award, ou seja, Melhor Realizador de Longa-Metragem para Cinema.

Na corrida estavam outros grandes nomes, como Bong Joon-ho, por “Parasitas”, Quentin Tarantino (“Era Uma Vez… em Hollywood”), Martin Scorsese, por “O Irlandês” e Taika Waititi (“Jojo Rabbit”).

O realizador britânico mostrou, mais uma vez, que é um grande candidato à vitória dos Óscares. “1917” é um filme sobre a Primeira Guerra Mundial de homenagem ao avô de Sam Mendes, que combateu no conflito. Já conquistou o troféu do Sindicato dos Produtores e os Globos de Ouro de Melhor Filme — Drama e Melhor Realização, tendo 10 nomeações aos Óscares.

Leia o artigo da NiT em que lhe contamos a história do avô luso-descendente de Sam Mendes que inspirou “1917”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT