Cinema

Robert Pattinson não compreendeu o novo filme de Christopher Nolan

O ator e protagonista de "Tenet" diz que precisou de vários meses até perceber a trama do filme.
Nolan não perdoa.

Senhoras e senhores, apresentamos-lhes Christopher Nolan, o homem dos enredos rendilhados e extremamente complicados. Fê-lo em “A Origem”, em “Memento” e em muitas outras obras. E, ao que parece, voltou a repetir a façanha em “Tenet”, o seu próximo filme. Se a sinopse e o trailer não o denunciaram — detetives que usam a “inversão do tempo” para tentar impedir a 3.ª Guerra Mundial —, eis que surge Robert Pattinson, um dos protagonistas, a denunciar mais uma das loucuras do realizador.

“É um filme incrivelmente complicado, tal como todos os filmes do Chris. Quer dier, tens que vê-los quando estão completamente finalizados e editados três ou quatro vezes para compreender qual é o verdadeiro significado”, revelou à “Esquire”. No caso de “Tenet”, o ator precisou da ajuda do colega e protagonista John David Washington.

“Durante meses senti-me do tipo, ‘Honestamente, não sei se estou a ter a mais vaga ideia do que está a acontecer’. E sim, dizia-o ao John David. No último dia, perguntei-lhe sobre o que se estava a passar numa cena e eu estava completamente errado no que se estava a passar com a personagem”, revelou.

Felizmente para Pattinson, parece que não foi o único a ter dúvidas: “Houve uma ligação entre todos, no sentido de que estávamos a esconder o facto de que, possivelmente, nenhum de nós sabia exatamente o que se estava a passar”.

Nolan tem a opinião contrária. Não só acredita que o seu ator percebeu o enredo, como admitiu também que este pode ser realmente confuso. “Ter uma total compreensão do argumento implica que alguém perceba e aceite a necessidade do filme viver e de sugerir diferentes possibilidades na mente do público”, confessou à “GQ”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT