Cinema

“Extraction” é o novo filme cheio de ação da Netflix, com Chris Hemsworth

O ator interpreta um mercenário que tem como missão salvar o filho de um barão da droga que foi raptado.
Não tem sido muito bem recebido pela crítica.

Vemos tiros, perseguições, explosões, e, no fundo, muita ação. Tudo ao som de “In Cold Blood”, tema da banda Alt-J, que numa tradução para o português, significa “a sangue frio”. Assim são os três minutos do trailer de “Extraction”, o novo filme da Netflix.

Protagonizado por Chris Hemsworth, conhecido por ser a figura central de filmes como “Vingadores” e “Thor”, esta é a história de um mercenário que é enviado para o Bangladesh para resgatar o filho de um barão da droga. A trama acaba por se tornar numa luta pela sobrevivência de ambos.

É explorada a relação entre o mercenário, interpretado por Hemsworth, que perdeu o seu filho, e o refém. É claramente um filme de ação, com disparos, carros e helicópteros a explodir, e cadáveres a perder de vista, numa odisseia de 116 minutos.

Baseado na novela gráfica “Ciudad”, de Ande Parks, a missão de Rake, o mercenário, nesta história é a de libertar o filho de 14 anos do maior traficante de droga da Índia, que foi raptado pelo seu maior rival do Bangladesh.

Este vilão tem a polícia e o exército do seu lado, bem como o hábito de intimidar e obrigar os miúdos da vila onde mora a fazerem o seu trabalho sujo. Tudo isto, claro, dificulta o resgate.

Apesar de o público só poder assistir ao novo filme da Netflix a partir desta sexta-feira, 24 de abril, os críticos de cinema de várias publicações de renome internacionais já se pronunciaram, e as reações não têm sido muito positivas.

O crítico Brian Viner pontuou o filme com duas estrelas, numa escala de zero a cinco, no jornal britânico “Daily Mail”, apesar de referir que “‘Extraction’ não é um mau exemplo dentro do seu género”.

Já Brian Lowry, da “CNN”, é bastante mais duro na crítica que faz à produção: “Bem mais interessado em acrobacias do que na história. (…) Basicamente, é a Netflix a servir um clássico filme de categoria B, num momento em que os blockbusters da A-list foram adiados [devido à pandemia do novo coronavírus]”. Enquanto que David Ehrlich, na sua crítica publicada no “IndieWire”, apelida o filme de “aventura entediante”.

“Extraction” foi realizado por Sam Hargrave, escrito por Joe Russo e do elenco fazem ainda parte os atores Rudhraksh Jaiswal, Shivam Vichare, e David Harbour (“Stranger Things”), entre outros.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT