Cinema

Erica é um robô inteligente e a nova protagonista de um filme de Hollywood

O projeto vai custar 70 milhões de euros e pode mudar por completo a indústria do cinema.
Pelo menos não vai discutir com o realizador.

À medida que os robôs se tornam cada vez mais parecidos connosco, nem tudo são boas notícias. No mundo da robótica, o uncanny valley — ou vale da estranheza, em tradução livre — é o ponto perigoso em que os humanos trocam o interesse pela repulsa. Quanto mais semelhantes a nós, mais estranho o conceito de um robô é para os humanos, mas isso não parece ser um impedimento para o novo grande investimento no mundo do cinema.

De acordo com a “The Hollywood Reporter”, um novo projeto irá usar um robô dotado de inteligência artificial como protagonista de uma longa metragem. Irá chamar-se simplesmente “b” e deverá custar perto de 70 milhões de euros.

O filme irá acompanhar a história de um cientista que procura aperfeiçoar o DNA humano e que rapidamente percebe os perigos dessa experiência. Pelo caminho, terá que ajudar o robô Erica a fugir.

Sem mais nomes no elenco, sabe-se apenas que Erica é a criação dos japoneses Hiroshi Ishiguro e Kohei Ogawa. Trata-se da Erato Intelligent Conversational Android, um projeto científico que foi destacado “Year One Million” da National Geographic em 2017, e que o descrevia como o andróide mais sofisticado do mundo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT