Teatro e exposições

Roteiro para ver as 10 obras de Vhils em Lisboa

Arranca esta sexta-feira uma exposição com os melhores trabalhos do artista plástico português.

Quase todos os lisboetas provavelmente já passaram por uma obra de Vhils — e muitos deles sem saber. Alexandre Farto é o nome verdadeiro do artista plástico que rapidamente se transformou numa estrela urbana portuguesa. O trabalho de Vhils destaca-se, sobretudo, pelas esculturas de rostos nas paredes dos edifícios.

Esta sexta-feira, 6 de maio, arranca a exposição “Vhils Selected Prints 2006-2016”, na Underground Art Store — que fica no Armazém A da Rua da Cintura do Porto de Lisboa, em Lisboa. A galeria vai apresentar os prints de alguns dos melhores trabalhos de Vhils ao longo dos últimos dez anos.

Apesar de ter começado a pintar com graffiti desde muito cedo, quando tinha 10 anos e morava na Margem Sul, Vhils tem-se virado para outras áreas nos últimos anos, como o design gráfico, a animação e a ilustração. Um trabalho que é cada vez mais reconhecido tanto em Portugal como noutros países. Em 2011, publicou o livro “VHILS Selected Works 2005-2010”, um best of das suas obras, através da editora holandesa Lebowski.

Apesar da internazionalização, Vhils continua muito ligado à Grande Lisboa. Os trabalhos mais reconhecidos estão na capital. Caso do projeto de tributo a Amália Rodrigues, em 2015, que marcou a estreia de Vhils em obras com calçada portuguesa.

Se ainda não os conhece, siga o roteiro da NiT para que não se perca em Lisboa. Carregue na imagem acima para saber onde estão escondidas dez das melhores obras de Vhils na cidade.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT