NiTfm live

Televisão

“Years and Years” é a nova série fenómeno da HBO — e há vários motivos para isso

Passa-se num futuro próximo e acompanha uma família britânica comum ao longo dos anos.
Estreou a 22 de maio na HBO Portugal.

Depois de “Chernobyl”, há mais uma minissérie na plataforma de streaming da HBO Portugal que se está a tornar um fenómeno de popularidade. Falamos de “Years and Years”, uma produção original da BBC, que estreou a 22 de maio. Todas as quartas-feiras há um novo episódio.

Ao todo, são seis capítulos com cerca de uma hora que, como o título do projeto indica, acompanham as personagens ao longo dos anos (num período de uma década e meia, no total). A história começa em 2019 mas a cada episódio avança alguns anos.

A ideia é precisamente assistirmos às transformações — políticas, tecnológicas, sociais — através de uma família comum de Manchester, no Reino Unido: os Lyons.

O mundo superou outra crise económica global, houve uma pequena guerra nuclear entre a China e os EUA, há pessoas que querem tornar-se transhumanas (e viver numa espécie de identidade digital) e o Reino Unido assiste à ascensão de uma política populista que promete mudar as coisas.

Trump foi reeleito para um segundo mandato na América, os robôs sexuais são uma coisa relativamente normal, as borboletas extinguiram-se há bastante tempo e os filtros do Snapchat são autênticos hologramas.

Esta não é uma distopia trágica e longínqua como “Os Jogos da Fome” ou “The Handmaid’s Tale”, nem tem os perigos próximos de “Black Mirror”. É realmente uma perspetiva sobre aquilo que poderá acontecer ao longo dos próximos 15 anos — onde se incluem coisas más e boas, situações a que nos podemos adaptar facilmente e outras mais complicadas.

Ou seja, há partes melancólicas e devastadoras, mas também momentos de esperança e acontecimentos cómicos. É um futuro tão próximo que nos parece familiar — e o objetivo foi mesmo prever algumas das coisas que vão acontecer no futuro. O projeto foi criado por Russell T. Davies (“Doctor Who” ou “Torchwood”), que queria escrever um guião deste género há 20 anos, mas que só agora conseguiu concretizá-lo.

Emma Thompson interpreta Vivienne Rook, a tal política populista que era, na verdade, uma empresária celebridade, habituada ao mediatismo das luzes e câmaras, que começou a conquistar apoio com um discurso primário e semelhante aos dos políticos que defendem o Brexit.

Fundou um partido e está a ter bastante sucesso. Ela não quer saber do conflito entre Israel e a Palestina, as suas preocupações são que o lixo na rua seja recolhido e que as pessoas parem de estacionar os carros no passeio para que a sua mãe idosa consiga andar sem dificuldades.

Através da televisão, os Lyons assistem a todas as mudanças que estão a acontecer no mundo. “É uma saga familiar sobre uma família normal de Manchester”, disse Russell T. Davies ao site “RadioTimes”.

O showrunner acrescentou: “Como as séries sobre famílias muitas vezes viajam no tempo, como na Segunda Guerra Mundial ou nos anos 20, desta vez fizemos uma no futuro. A história e a sociedade parecem insanas neste momento, parecem ser tempos bastante fervorosos. E tentámos captar isso e adivinhar para onde estamos a caminhar. Tem muito a dizer sobre o mundo, mas também é sobre uma família.”

Anne Reid interpreta a matriarca dos Lyons, Muriel Deacon. Ela é a avó sábia da família e é bastante determinada nas suas opiniões. Rory Kinnear é Stephen Lyons, um dos mais velhos do clã. Vive em Londres, onde tem uma carreira de sucesso como conselheiro financeiro.

A irmã de Stephen é Edith Lyons (Jessica Hynes), uma especialista em campanhas políticas que é implacável. Tem passado algum tempo fora do país, mas certos acontecimentos chocantes vão levá-la de volta a casa.

O ator Russell Tovey interpreta Daniel Lyons, uma personagem amigável e trabalhadora que está prestes a casar com o namorado, Ralph. Mas é possível que se tenha precipitado quando disse “sim” ao pedido de casamento.

Ruth Madeley é Rosie Lyons. Ela é inteligente, otimista e é uma mãe solteira que tem um lugar de gestão numa escola local. O elenco de “Years and Years” tem ainda T’Nia Miller, Lydia West e Jade Alleyne, entre outros. No fundo, são uma família com a qual todos nos podemos identificar, num mundo que (ainda) não conhecemos mas que é provável que chegue em breve.