Televisão

Vem mesmo aí uma série (ou mais) de “O Senhor dos Anéis”

A Amazon confirmou que fez o negócio e vai adaptar o universo de J.R.R. Tolkien à televisão.

Gandalf vive há tanto tempo que até poderá entrar na série.

É oficial: depois dos rumores, a Amazon confirmou que fez o negócio para poder adaptar à televisão o universo de “O Senhor dos Anéis”, criado nos livros de J.R.R. Tolkien. O serviço de streaming Amazon Prime vai poder explorar um dos maiores mundos da cultura pop e fazer várias temporadas daquela que poderá ser uma das séries mais caras de sempre.

As histórias que estão a ser pensadas vão acontecer antes do primeiro livro de “O Senhor dos Anéis”, “A Irmandade do Anel”, em que Frodo e os companheiros hobbits se juntam a uma série de outras facções — humanos, elfos, anões — para começarem uma viagem com o objetivo de destruir o anel maléfico de Sauron.

Esta série, que até pode ser baseada em escritos originais de Tolkien que nunca foram aproveitados, poderá acontecer entre “A Irmandade do Anel” e “O Hobbit”, ou mesmo antes de “O Hobbit”. A verdade é que, a longo prazo, poderão ser várias séries e spinoffs centrados neste universo tão vasto — desde o verdejante Shire às trevas negras de Mordor, o que não faltam são territórios e criaturas diferentes para explorar na Terra Média.

Ainda não foi divulgado o elenco, equipa de realização ou produção, nem qualquer data de estreia, mas os timings parecem coincidir com o fim de “A Guerra dos Tronos”, da rival HBO, cuja última temporada deverá estrear em 2019. Apesar disso, também está a ser estudada a possibilidade de se fazerem múltiplos spinoffs passados em Westeros ou Essos.

Em setembro, a Amazon tinha estabelecido o objetivo ambicioso de produzir a próxima “A Guerra dos Tronos”. Parece que vai mesmo conseguir, agarrando num universo popular que já tem um público de milhões de pessoas em todo o mundo.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo