NiTfm live

Televisão

Miguel Herrán, o Rio de “La Casa de Papel”, pode ter sido afastado da Netflix

O motivo da exclusão do ator será uma forte depressão. As especulações sobre o tema começaram em julho.
Em crise.

Conhecido pela sua atuação em “La Casa de Papel” e “Elite“, ambas sucesso absoluto no catálogo da Netflix, Miguel Herrán estará a atravessar uma forte depressão. Quem é fã das séries espanholas provavelmente já notou a ausência do ator nas produções.

As especulações sobre o estado mental de Miguel Herrán começaram no dia 6 de julho deste ano, quando o ator fez uma publicação no Instagram em que demonstrou sinais de depressão. No vídeo, o intérprete de Rio apenas chorava e parecia estar muito triste.

“Eu podia publicar milhares de fotos fixes que colecionei para alimentar essa máquina mentirosa que é o Instagram. Eu poderia insuflar o meu ego e preencher o meu vazio com likes, mas não hoje. Hoje, decidi dar-lhes uma parte sincera de mim. Eu não vou entrar em pormenores sobre o que está a acontecer comigo, porque eu nem sequer sei disso. Mas este aqui sou eu, sem filtros, sem adoçantes e sem mentiras”, escreveu na publicação na rede social.

No início desta semana, após o lançamento da segunda temporada de “Elite” (no dia 7 de setembro), outra série em que Miguel Herrán é protagonista, os fãs começaram a questionar a razão por que o ator tem tão poucas cenas nos novos capítulos. Apesar de as suas personagens estarem presentes tanto em “Elite” como em “La Casa de Papel”, Herrán claramente perdeu espaço.

Em “La Casa de Papel”, Rio foi preso pela polícia e passa grande parte da terceira temporada sob a custódia do governo espanhol, enquanto Christian sofre um acidente de mota logo nos primeiros episódios e é enviado para Suíça para fazer um tratamento, muito longe do colégio de Las Encinas. 

Segundo relatou o site “Mix de Séries“, o desaparecimento de Rio e Christian não foi mera coincidência. A hipótese de que uma série teria atrapalhado o cronograma da outra não se confirmou, quando os fãs viram o pouco tempo de ecrã que o ator ganhou em cada uma das produções.

Durante as gravações das novas temporadas, o ator teria passado por momentos em que não conseguia sair de casa para trabalhar e isto teria feito com que ele fosse afastado de ambas as séries da Netflix. Apesar da presença de Miguel Herrán ainda não estar confirmada, já é certo que tanto “La Casa de Papel” como “Elite” terão novas temporadas em 2020.

Nem o ator nem sua assessoria de comunicação se manifestaram sobre as informações que estão a circular na Internet, o que se sabe é que Herran continua ativo em todas as suas redes sociais.