NiTfm live

Televisão

“O Diário da Nossa Paixão” chegou à Netflix e vai poder chorar compulsivamente

O filme protagonizado por Ryan Gosling está na plataforma desde terça-feira.
"O Diário da Nossa Paixão" já está na Netflix.

Há dias de fossa em que a única coisa que queremos é chorar até as lágrimas secarem. A partir de agora, quando quiser praticar este tipo de masoquismo (ou terapia), pode fazê-lo com a arma certa, vinda diretamente da caneta mágica de Nicholas Sparks: “O Diário da Nossa Paixão”. É que o filme chegou à Netflix esta terça-feira, 15 de janeiro. 

O drama romântico, de 2004, realizado por Nick Cassavetes, é baseado no livro de Nicholas Sparks (1996). A adaptação do best-seller mundial fala da paixão de Noah e Allie, enquanto eram adolescentes, na década de 1940, e de quando voltam a encontrar-se anos mais tarde.

Ryan Gosling e Rachel McAdams interpretam o casal fofo que faz sofrer qualquer espetador. Mas o que pouca gente sabe é que uma das histórias de amor mais românticas de sempre teve sérios problemas para encontrar o protagonista. O realizador Nick Cassavetes escolheu Gosling para o papel porque ele não era lindo de morrer, nem sequer fixe e até parecia ligeiramente louco.

Todo o drama envolvente desta paixão é contado por um homem mais velho a uma mulher que se encontra numa enfermaria, cuja história só percebemos no final.