Televisão

Jodie Whittaker é a primeira mulher protagonista de “Doctor Who”

Ao longo dos anos, 12 atores tiveram o papel, todos homens. A estreia da nova temporada está prevista para 2018 e a atriz era a “escolha número um”.

É provável que reconheça a atriz de "Broadchurch".

Desde que Peter Capaldi anunciou que ia sair da série “Doctor Who“, em janeiro,  que começou a especulação em torno do ator que iria ocupar o seu lugar. Mas para surpresa de muitos, este domingo, 16 de julho, o substituto foi, pela primeira vez, transformado em substituta. 

Jodie Whittaker, atriz britânica conhecida por “Broadchurch“, foi escolhida como próxima Senhora do Tempo da série que estreou em 1963. Desde então que a personagem alienígena do planeta Gallifrey agarra os fãs de ficção científica com a TARDIS (Time And Relative Dimension(s) In Space), uma nave espacial que funciona como máquina do tempo.

Na nova temporada, a 11.ª, que estreia em 2018, Whittaker vai embarcar na nave que se assemelha a uma cabine telefónica de Londres e dar uma visão feminina à personagem. Segundo o jornal “The Guardian”, Chris Chibnall, escritor e produtor da série, “sempre quis que o 13.º Doutor fosse uma mulher”.

“Estamos muito contentes por termos garantido a nossa escolha número um. A audição dela para deixou-nos perplexos”, revelou em entrevista.

A revelação inédita foi feita pela BBC através de um vídeo partilhado no Twitter.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo