NiTfm live

Televisão

Já estreou a segunda temporada de “A Amiga Genial”

Lila e Lenú estão mais crescidas nos novos episódios da série que está disponível na HBO.
No total vai ter oito episódios.

Na segunda temporada de “A Amiga Genial” — com o subtítulo “Um Novo Nome” — Lila e Lenú têm 17 anos. Lila Cerullo chama-se agora Lila Carracci, depois do casamento com Stefano. É assim que começam os novos capítulos da produção baseada nos livros da italiana Elena Ferrante.

Os primeiros dois capítulos estrearam esta terça-feira, 11 de fevereiro, na plataforma de streaming da HBO Portugal. Todas as semanas vai haver um novo par de episódios. 

As personagens de Margherita Mazzucco e Gaia Girace cresceram a ler “Mulherzinhas”, o livro clássico de Louisa May Alcott (cuja nova adaptação cinematográfica venceu um Óscar). Elas próprias são agora mulherzinhas — se Lila acabou de casar, Lenú já está nos últimos anos do liceu.

A sexualidade — tanto os seus próprios desejos, como os dos homens em seu torno — também é um dos temas desta temporada. Lila está num casamento infeliz, em que existe violência doméstica. Já Lenú está frustrada por nunca ter tido uma enorme paixão e tem dúvidas sobre o percurso académico que deve seguir.

De qualquer forma, ambas têm de tomar decisões fundamentais para as suas vidas. Será que vão querer simplesmente casar e ter filhos ali, como os seus pais fizeram? Ou vão tentar encontrar alguma forma de terem uma vida diferente, talvez noutro local, com novos horizontes? São estas as questões a que a segunda temporada irá responder, apesar de os fãs dos livros de Elena Ferrante já conhecerem as respostas.

O momento social e político atribulado naquela época em Itália, nos anos 40 e 50, serve como contexto de fundo para a história destas duas amigas — e acaba por ir influenciando a sua forma de pensar e de ver as coisas, apesar de crescerem divididas entre a tradição e os pensamentos mais progressistas e feministas.

Cada um dos livros será adaptado para uma temporada de oito episódios, com cerca de 50 minutos respetivamente. Saverio Costanzo é o principal realizador do projeto e foi escolhido pela própria Elena Ferrante.