NiTfm live

Televisão

Tudo o que tem de saber sobre “A Herdeira”, a nova novela da TVI

A produção nacional estreia este domingo, 24 de setembro. Antes, a NiT conta-lhe os pormenores.

A linda de morrer Kelly Bailey.
Luz e Vicente vão viver um amor impossível.
Durante o casamento da filha, Emiliano Rivera é assasinado.
Mesmo sem ter culpa, Alexa torna-se na principal suspeita do atentado.

“A Herdeira” conta a história de uma rapariga cigana que, descobre-se depois, é herdeira de uma grande fortuna. Por poucas palavras, descreve-se assim a produção de ficção nacional que estreia este domingo, às 21h50, na TVI.

Mas há muito mais para contar sobre esta novela de Maria João Mira, que tem no elenco grandes nomes da televisão portuguesa, como é o caso de Alexandra Lencastre, Paulo Pires, Rita Pereira, Jessica Athayde, Pedro Lamares, Lia Gama, José Wallenstein, Miguel Guilherme, Lourenço Ortigão, Rita Ribeiro, Joaquim Horta, Pedro Barroso e a jovem Kelly Bailey.

Mas vamos a factos. Duarte Alvarega (Pedro Lamares) é um homem rico, mas infeliz. Há 20 anos perdeu a primeira mulher e, meses depois, a filha bebé foi raptada. Na altura, Duarte fez de tudo para encontrar a criança, mas em vão. Entretanto, casou com Madalena (Rita Pereira) e teve mais dois filhos: Carlota (Júlia Palha) e Pipo (Leonardo Marques).

A certa altura, o homem que foi condenado pelo rapto da bebé, mas que sempre jurou inocência, entrega a Duarte a foto de uma rapariga muito parecida com a sua primeira mulher. Pede-lhe para que a procure no México. Quando se preparava para dar mais uma pista a Alvarenga, o homem é morto a tiro.

Com apenas uma imagem como prova, viaja para o México, não só à procura da tal mulher como para assistir ao casamento de Beatriz Rivera (Mafalda Marafusta), filha do general Emiliano Rivera (Fernando Luís), provavelmente o próximo presidente do México.

Durante o copo de água, Duarte vê a rapariga da fotografia. É Alexa Torres (Jessica Athayde), uma portuguesa amiga da família Rivera. Antes de conseguir falar com ela, um violento atentado acontece e Emiliano e vários membros da sua equipa morrem. Alexa é mais tarde encontrada com uma arma na mão e torna-se fugitiva.

Entretanto, chega à cidade uma rapariga que vem ter com o pai, que trabalha na cozinha do hotel onde se dá o atentado. Chama-se Luz (Kelly Bailey) e é uma cigana com beleza invulgar, loira e de olhos azuis. O pai é Ramón Garcia (Joaquim Horta), cigano português que quis ir para os Estados Unidos trabalhar.

Alexa ia ajudá-los, mas agora é ela quem precisa de auxílio, por isso Ramón esconde-a em sua casa. Ela revela que Emiliano tinha uma lista com nomes de figuras públicas ligadas ao narcotráfico e provas avassaladoras.

Encontrar a lista é a única maneira de provar a inocência de Alexa mas Ramón não tem meios para furar o apertado cerco policial. Identificado como cúmplice do atentado, ele próprio se torna fugitivo. Clandestinamente, e através dos contactos de Alexa, volta com a filha para Portugal.

Como numa boa novela, os caminhos de Duarte e Alexa voltam, claro, a cruzar-se. Ele pergunta-lhe pelo paradeiro da filha, mas Alexa diz que só pode ajudá-lo se ele fizer o mesmo. Assim, mesmo a achá-la uma assassina, Duarte aceita, apaixonando-se, com o tempo, por ela.

A investigação dos dois leva-os até Caetana Rivera (Alexandra Lencastre), a viúva do general. No México, ela é adorada por todos e uma apoiante incondicional do marido. Mas é tudo farsa. Na verdade, Caetana está ligada ao cartel de narcotráfico que assassinou Emiliano. Para desviar as atenções da polícia, incriminou Alexa.

Já de volta a Portugal, Rámon junta-se com Luz à sua família no Minho. Nesta altura da história, percebe-se que a jovem cigana nunca conhecera bem Portugal, pois o pai levou-a para fora do País quando era bebé.