NiTfm live

Televisão

“Fórmula 1: A Emoção de um Grande Prémio” está de volta à Netflix

A segunda temporada tem dez episódios e inclui as equipas da Ferrari e da Mercedes, que ainda não tinham participado na série.
Cada episódio tem entre 30 a 40 minutos.

Estreou há quase um ano, em março de 2019, e rapidamente se tornou na série documental favorita dos fãs de corridas de carros, de competição nas pistas, de travagens bruscas e movimentos velozes, do cheiro a gasolina e dos pneus a rasparem na estrada — mesmo que estejamos a ver tudo através de um ecrã.

Estamos a falar, claro, de “Fórmula 1: A Emoção de um Grande Prémio”, produção original da Netflix que, além de agarrar os fãs da modalidade, conseguiu conquistar muitas pessoas que, à partida, não estavam interessadas na Fórmula 1 ou nos desportos motorizados em geral.

Esta é uma série que mostra em detalhe os bastidores do Formula One World Championship, seja a preparação técnica ou o lado mais humano da prova. Tem um acesso sem precedentes às personalidades e sentimentos dos pilotos mais rápidos do mundo, às equipas e à própria organização da Fórmula 1.

A segunda temporada estreia na plataforma de streaming esta sexta-feira, 28 de fevereiro, e cobre a edição de 2019 do campeonato. No total, são dez episódios, que podem ter entre 30 a 40 minutos.

Desta vez, inclui todas as equipas, mesmo a Ferrari e a Mercedes, que não quiseram participar na temporada anterior. Alguns dos maiores destaques para os novos capítulos são “a montanha-russa emocional” de Pierre Gasly e a prestação de Daniel Ricciardo com a Renault.

Além disso, vai haver um foco especial em torno do fim de semana do Belgian Grand Prix, que se tornou trágico por causa da morte do piloto da Fórmula 2 Anthoine Hubert.

Este projeto tem como produtores executivos James Gay-Rees (de “Senna” e “Amy”, vencedor de um Óscar) e Paul Martin (“Diego Maradona”), ou seja, profissionais de topo na arte de documentar a realidade de uma forma dinâmica e cativante.

A segunda temporada foi confirmada em julho e na altura um representante da Fórmula 1, Ian Holmes, falou em comunicado sobre a produção.

“Estamos entusiasmados por estarmos novamente a trabalhar com a Netflix na segunda temporada desta série realmente única que permite aos fãs verem o lado invisível da Fórmula 1, mostrando as personalidades e emoções que cada equipa e piloto atravessa, tanto dentro como fora das pistas.”