NiTfm live

Televisão

“The Walking Dead”: nova temporada vai ter mais conteúdos originais

A saga mais famosa de zombies da televisão regressa esta segunda-feira, 7 de outubro, à FOX.
Volta no dia 7 de outubro.

A décima temporada de “The Walking Dead” estreia em Portugal no dia 7 de outubro, segunda-feira, às 22h30. O canal é o mesmo de sempre: a Fox. A propaganda, o clima de paranóia e o ambiente de rebelião face aos Whisperers são alguns dos grandes temas.

A temporada anterior terminou com os sobreviventes do ataque dos Whisperers, que deixaram dez cabeças zombies espetadas em estacas, a terem de aguentar uma enorme tempestade de inverno. 

Os traumas das pessoas e o stress pós-traumático vão estar bastante presentes em tudo aquilo que irá acontecer nesta nova fase da série e muitas personagens irão até questionar o que é, ou não, real.

Depois do último episódio da nona temporada, a showrunner da série de zombies, Angela Kang, falou sobre que tipo de Negan podemos esperar nas próximas temporadas, numa entrevista à revista “Entertainment Weekly”.

“Como é que ele pode ser exatamente a mesma pessoa depois da guerra total que houve? Ele está a tentar fazer parte da comunidade. Mas o Negan é o Negan. A parte divertida dele é que é um bocado imprevisível. É um pouco cru e inapropriado — e não se podem tirar essas características que o definem, porque senão o que estás a fazer é criar uma nova personagem. Há o Negan perigoso, o Negan parvo e o Negan mesmo inteligente e estratégico. Tudo isto é parte do que ele é.”

A showrunner disse também por que razão Carol terminou a sua relação com Ezekiel. Tem tudo que ver com o percurso da personagem ao longo da história. “Quando a Sophia [a filha que morreu nas primeiras temporadas] morreu, isso catapultou a Carol para outra fase da sua vida. Ela teve de questionar a relação abusiva em que tinha estado, os seus sentimentos e acabou por se tornar a badass que todos adoramos. Mas isso teve um custo.”

Carol entrou numa nova fase — uma definitivamente mais saudável e feliz — após começar a relação com Ezekiel. “Quando soubemos que a Alpha iria atacar o Henry, pensámos logo que é bastante comum que os casais que perdem um filho terminem a relação. O luto pode ser imenso. Pode revelar fendas que já existiam ou criar novas. Por isso quisemos ter a verdade emocional. E para a Carol tudo aquilo era uma fantasia conjunta. Era o Ezekiel, era o Henry, era aquele sítio e todas aquelas pessoas. Quando tudo isso se desmorona, ela quer seguir em frente.”

O produtor Scott M. Gimple chegou a revelar que os fãs podem esperar ter mais conteúdos originais do que as adaptações das bandas desenhadas das primeiras temporadas. Por isso, podemos esperar muitas surpresas neste novo ano.

De acordo com o intérprete de Aaron em “The Walking Dead”, a tensão está no ar desde o primeiro capítulo. Na passadeira vermelha da antestreia da série, Ross Marquand disse que as primeiras cenas desta temporada foram complicadas de filmar e também revelou que entre as mudanças deste ano é uma maior quantidade de locais de gravação, o que tornou seu trabalho mais empolgante.

“Não só o primeiro episódio, mas toda temporada foi difícil de filmar. Eu acho que vai reinventar a maneira como a série é vista e os temas que estamos a tocar”, declarou o ator.

Segundo o site “Observatório de Cinema“, o grande foco da temporada será mesmo os Whisperers, já que todos os trailers e teasers da séria apontam para a ocorrência de uma grande guerra. “Eles são as ameaças mais loucas e assustadoras que a série já teve. Negan e os Salvadores eram assustadores, mas eles eram inferiores a Alpha, Beta e os Whisperers. Eles são genuinamente loucos. Negan ao menos tinha regras, por isso, podíamos fazer trocas com ele ou discutir”, compara Marquand.

A sinopse da nova temporada dá mais alguns pormenores sobre os próximos passos de “The Walking Dead”. As comunidades ainda estão a lidar com as consequências do encontro com o horrível poder de Alpha e os Whisperers e a ideia de que uma civilização pode sobreviver num mundo cheio de mortos é colocada em dúvida.

O elenco da décima temporada conta com Danai Gurira, Norman Reedus, Jeffrey Dean Morgan, Samantha Morton, Khary Payton e Melissa McBride.