NiTfm live

Televisão

Estreia do “Big Brother 2020” adiada por causa do coronavírus

A TVI anunciou a decisão na tarde deste domingo, 15 de março.
Cláudio Ramos será o apresentador.

A TVI decidiu adiar a estreia de “Big Brother 2020” por causa da pandemia do Covid-19. Este sábado, a estação de televisão tinha confirmado que a estreia se iria manter para dia 22 de março, mas acabou por rever a decisão na tarde do dia seguinte.

Em comunicado, a empresa afirmou que “perante a situação crescente de risco e incerteza que Portugal e o mundo atravessam”, o programa comandado por Cláudio Ramos ficará com a estreia adiada.

“Tomámos as medidas preventivas adequadas e recomendadas pelo governo em relação aos concorrentes selecionados. Entre essas medidas estão exames de despistagem e um período de isolamento que está a ser cumprido. Um protocolo de prevenção está também a ser seguido relativamente às equipas técnicas e de conteúdos”, afirmou Nuno Santos, diretor de programas da TVI.

O projeto envolve cerca de 150 trabalhadores e dezenas de concorrentes.  “Ainda assim, e dada a dimensão da produção — na casa e na área de trabalho envolvente, no estúdio das galas e nos vários programas diários a partir de Queluz de Baixo — consideramos não estarem reunidas todas as condições”. Nuno Santos conclui: “A seu tempo será anunciada uma nova data de estreia”.

O diretor de programas continua a acreditar que “Big Brother 2020” será “o programa do ano”. Leia também a entrevista de Cláudio Ramos à NiT, em que o apresentador fala da saída da SIC para a TVI e o novo projeto que vai apresentar.