NiTfm live

Televisão

ERC recebeu várias queixas contra os novos reality shows da SIC e da TVI

"Quem Quer Namorar Com Um Agricultor?" e "Quem Quer Casar Com o Meu Filho?" estrearam no domingo, 10 de março.
Um dos momentos do programa da SIC.

No passado domingo, 10 de março, a SIC e a TVI lançaram dois novos reality shows. A primeira estação apostou em “Quem Quer Namorar Com Um Agricultor?” e a outra em “Quem Quer Casar Com o Meu Filho?“. Poucas horas depois das estreias começaram a chover queixas contra ambos os formatos na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Segundo o jornal “Observador“, a razão é a mesma para os dois programas: estão a ser acusados de preconceito e machismo.

O formato apresentado por Andreia Rodrigues na SIC, em que cinco agricultores conhecem 17 mulheres e têm de escolher quais delas querem levar para o campo, teve 1,48 milhões de espectadores e um share de 31,4 por cento. O outro, conduzido por Leonor Poeiras, alcançou 1,11 milhões de espectadores e teve um share de 24,9 por cento. Neste caso, são as mães e pais dos concorrentes que escolhem as mulheres que com que os filhos devem casar.

A apresentadora da TVI já se pronunciou sobre as críticas através da sua conta oficial de Instagram.

“Alguma vez eu aceitaria apresentar um programa que trata a mulher como um objeto? Se tiverem curiosidade acompanhem este novo programa. Vamos mudar mentalidades! Que pena que ninguém tenha pensado no twist que este programa vai ter”.

Recorde o artigo da NiT que faz o frente a frente entre os dois reality shows e leia a crónica de Miguel Lambertini sobre “Quem Quer Namorar Com o Agricultor?”.