Televisão

Ninguém deu por nada mas a Netflix já tem “Era Uma Vez… a Vida”

O serviço de streaming tem ainda “Era Uma Vez… o Homem”, outro clássico dos anos 80 que deixará muitos trintões a suspirar de nostalgia.

Comece uma nova viagem pelo corpo humano.

Quantos de nós não passámos horas no sofá a aprender sobre o corpo humano ao ver na televisão “Era Uma Vez… a Vida”? O cérebro era representado pelo velho barbudo (parecido com Panoramix dos livros de “Astérix”) que atravessava o corpo, passando por leucócitos, plaquetas sanguíneas, e os vilões vírus e bactérias.

Agora, esta série animada clássica foi adicionada à categoria Anime da Netflix. A versão francesa de “Era Uma Vez… a Vida” estreou originalmente em Portugal em 1987 na RTP. Só chegou mais tarde a versão dobrada da Planeta Agostini com o título “Era Uma Vez… o Corpo Humano”.

O serviço de streaming também acrescentou ao catálogo “Era Uma Vez… o Homem”, a primeira série deste franchise francês. Conta a história do mundo e a evolução do ser humano num formato pensado para os miúdos. Estreou originalmente na RTP no final dos anos 70. Agora podemos reviver esses tempos (e ensinar os novos miúdos).

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo